A Poesia do Tempo

Van Cleef & Arpels

34

A Van Cleef & Arpels oferece novas peças do tempo mágicas, reflexo das emblemáticas fontes de inspiração da Maison e que reflectem a filosofia da marca: Poetry of Time.

Para homenagear a natureza que a fascina desde 1906, a Van Cleef & Arpels inspirou-se no conceito de relógio floral, desenvolvido por Carl Von Linné, no livro Philosophia Botanica, de 1751, e apresenta duas novas criações de 38 mm: os relógios Lady Arpels Heures Florales em ouro branco e Lady Arpels Heures Florales Cerisier em ouro rosa.

O mostrador tridimensional destas peças oferece uma interpretação poética da passagem do tempo, graças à abertura e fecho de 12 flores. Ver as horas transforma-se num espectáculo mágico, já que as flores desabrocham e fecham, renovando o cenário do mostrador a cada 60 minutos. No dia seguinte, a sequência dos buquês que se sucedem de hora em hora será diferente.

Para dar vida ao mostrador, são accionados até 166 elementos por um movimento mecânico automático com um módulo inteiramente desenvolvido pela Maison. Pétalas e borboletas em pintura em miniatura, ramos esculpidos em ouro e nuvens em madrepérola são realçados por diamantes brancos e amarelos engastados. O fundo dourado da caixa é gravado para ecoar o mostrador, enquanto a massa oscilante – em ouro guilloché e pintura em miniatura – é visível sob um vidro de safira, ele próprio gravado e esmaltado com uma criatura alada: uma libélula ou uma borboleta.