Com o objectivo de melhorar a precisão e estabilidade do movimento relojoeiro, em 2016, a Audemars Piguet apresenta uma estreia mundial ao equipar o Royal Oak com uma dupla roda de balanço. Ao fazê-lo, a marca cria um oscilador com mais massa, o que assegura maior estabilidade.

Complexa de desenvolver e produzir, esta geometria de duplo balanço patenteada é, além de um sucesso de engenharia, esteticamente fascinante. Como tal, a Audemars Piguet esqueletizou totalmente o movimento de modo a que esta pudesse ser vista de ambos os lados da caixa de 41 mm em ouro rosa ou aço. Os acabamentos do calibre automático 3132, com 45 horas de reserva de marcha, foram integralmente produzidos à mão.



CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS


icon-Movimento
MOVIMENTO

icon-Movimento
CAIXA

icon-Movimento
MOSTRADOR

icon-Movimento
BRACELETE


A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.