A Blancpain leiloou uma peça única relojoeira em favor de uma companhia chinesa formada por portadores de deficiência.

Durante uma gala de caridade exclusiva, organizada em Xangai na China, a Blancpain levou a leilão uma peça única da linha Villeret (referência 6615C-3631-55B ), com o intuito de fazer reverter os proventos a favor da China Disabled People’s Performing Art Troupe (CDPPAT).

A Manufactura de Brassus colocou, assim, em hasta pública, um relógio excepcional no qual se revelam as respectivas capacidades artísticas, designadamente o domínio do trabalho em esmalte «Grand feu» e a pintura de esmalte inteiramente executada à mão, vertido em motivos de flores de lótus e um par de borboletas elevando-se no ar.

Mais de 300 convidados, entre os quais o intelectual Liang Wendao, o apresentador televisivo Dou Wentao e a direcção da Blancpain presenciaram uma soirée rica de emoções, que teve o momento alto quando o cheque e 1.100.100 RMB, a moeda corrente na China, foi entregue à instituição.

official_donation_ceremony_to_the_cdppatDesde há mais de dez anos que a manufactura se tem envolvido em numerosas acções caritativas pelo mundo fora como o mesmo empenho com que defende a tradição relojoeira. Desta feita, foi beneficiário um grupo formado em 1987 e integrado por pessoas portadoras de deficiência, cujos espectáculos já foram apresentados em mais de 60 países.

Alojada numa caixa de 45mm de diâmetro em ouro rosa, esta peça única investe toda a sua categoria no mostrador, decorado não é apenas em esmalte «Grand feu», mas pintado a esmalte o fundo de safira permite ver o movimento manual 15B decorado com uma borboleta gravada.

Entre as características técnicas realce para o movimento mecânico de corda manual, as 40 horas de reserva de marcha e os 117 componentes.

A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.