Lançado em 2011, o Breguet Classique Hora Mundi foi o primeiro relógio mecânico com indicador de fusos horários de salto instantâneo com indicações de data, dia/noite e cidade sincronizadas. Tudo isto, sem prejudicar a marcha do relógio, cuja precisão durante o ajuste é assegurada por um sistema de paragem dos segundos. Em 2016, a Breguet apresenta uma nova interpretação desta peça do tempo: o Classique Hora Mundi 5727.

No lugar da representação do globo do primeiro modelo, o mostrador da versão deste ano apresenta um motivo clou de Paris totalmente realizado à mão sobre a face em ouro prateado. Outra das diferenças reside na indicação das fases da lua que, no novo modelo, foi substituída por um display de 24 horas que indica se é de dia ou de noite no fuso seleccionado.

Disponível com caixa de 43 mm em ouro branco ou rosa, o novo Hora Mundi é conduzido pelo calibre automático de manufactura 77F0, com 55 horas de reserva de marcha.


Breguet_Classique Hora Mundi 5727


CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS


icon-Movimento
MOVIMENTO

icon-Movimento
CAIXA

icon-Movimento
MOSTRADOR

icon-Movimento
BRACELETE


A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.