A Breitling faz-se à estrada com uma nova colecção de cronógrafos Top Time Classic Cars Squad, inspirados em três automóveis americanos de culto da década de 60: Shelby Cobra, Chevrolet Corvette e Ford Mustang.

Num evento ímpar, repleto de ícones da década de 60 – onde não faltaram as míticas food trucks ou os clássicos carrinhos de choque – e com muita gasolina e chiar de pneus à mistura, a Breitling subiu ao pódio para apresentar a nova colecção cápsula Classic Cars Squad, composta por um trio de cronógrafos Top Time. E se, até hoje, a linha Top Time era nitidamente evocativa da década de 60, agora, a Breitling dá um passo adiante ao criar três novos modelos com uma clara ligação a automóveis clássicos icónicos, mais concretamente o Chevrolet Corvette Sting Ray 427 de 1966, o Ford Mustang GT 390 de 1968 e o Shelby Cobra 427 de 1965.

A nova colecção cápsula Breitling Top Time Classic Cars Squad inclui, assim, os modelos Top Time Chevrolet Corvette, Top Time Ford Mustang e Top Time Shelby Cobra, que representam uma clara homenagem aos ícones automóveis americanos com carisma vintage ousado o suficiente para despertar a atenção de todos, mesmo dos não entusiastas.

Todos os modelos Classic Cars Squad seguem as linhas da caixa vintage inspirada nos anos 60 da actual linha Top Time, mas interpretam-na de formas ligeiramente diferentes. Assim, tanto o Top Time Chevrolet Corvette como o Top Time Ford Mustang são apresentados numa caixa em aço de 42 mm, enquanto o Top Time Shelby Cobra é um pouco mais compacto com 40 mm de diâmetro. Tirando a diferença no tamanho da caixa, todos os modelos se apresentam como puros cronógrafos dos anos 60, com acabamentos polidos, asas finas em ângulos agudos, lunetas estreitas e inclinadas, laterais verticais e botões de pistão altos. Ambos os tamanhos de caixa partilham espessuras semelhantes (13,3 mm para a caixa de 40 mm e 13,65 mm para a de 42 mm), graças, em parte, aos vidros de safira em forma de cúpula de estilo vintage. Cada um dos três designs é coroado por um fundo de caixa sólido gravado de forma personalizada. No caso do Top Time Chevrolet Corvette, a gravação assume a forma do emblema da bandeira cruzada encontrado na parte traseira do Corvette Sting Ray, enquanto o Top Time Ford Mustang exibe o intemporal emblema do cavalo a galope do Ford Mustang. Já o Top Time Shelby Cobra, apresenta a distintiva cabeça de cobra do Shelby Cobra.

É no mostrador que estes modelos da colecção cápsula realmente se destacam entre si. Todos seguem o mesmo padrão desportivo dos anos 60, com escalas taquimétricas externas rebaixadas, índices de linha simples impressos, ponteiros batom listados e contadores quadrados arredondados. A partir daqui, cada membro do trio desenvolve a sua própria personalidade visual, levando o design de base em direcções marcadamente diferentes. O Breitling Top Time Shelby Cobra é sem dúvida o mais simples dos três, com um layout clássico de dois contadores. A superfície do mostrador apresenta-se num azul vibrante típico das corridas americanas, oferecendo um visual clássico desportivo quando combinado com os destaques brancos dos contadores e da escala taquimétrica. Detalhes em vermelho e azul no ponteiro central de segundos do cronógrafo, nos ponteiros dos contadores e na escala taquimétrica, assim como o emblema Shelby Cobra aplicado às 6 horas, completam o design do mostrador.

Breitling Top Time Shelby Cobra

Já o Breitling Top Time Chevrolet Corvette destaca-se pelo mostrador em vermelho rubi profundo escovado verticalmente, completado pelo preto contrastante do anel externo e dos contadores. Neste modelo, os pormenores dos registos do cronógrafo surgem em laranja e amarelo, uma combinação cromática à imagem do painel de instrumentos do Corvette. Por outro lado, para mostrar melhor a capacidade de medição de 1/8 de segundo, o ponteiro central dos segundos do cronógrafo move-se com o dobro da velocidade normal, completando uma volta ao mostrador em 30 segundos.

O Breitling Top Time Ford Mustang completa a colecção, encontrando um equilíbrio visual entre o Top Time Chevrolet Corvette e o Shelby Cobra. Muito do layout é partilhado com o modelo Corvette, mas, ao contrário dos seus companheiros de colecção, este modelo evoca um Mustang em particular – o Mustang GT 390 fastback de 1968, conduzido por Steve McQueen no clássico filme “Bullitt”. A tonalidade do mostrador do Top Time Ford Mustang combina na perfeição com a pintura Highland Green do automóvel de McQueen. O emblema Mustang por baixo do logotipo Breitling às 12 horas completa o design.

Breitling Top Time Ford Mustang

A Breitling equipa a colecção cápsula Top Time Classic Cars com um par de movimentos cronógrafos automáticos, base ETA 2892-A2. O Top Time Chevrolet Corvette e o Top Time Ford Mustang recebem o Calibre 25. Além do ponteiro central exclusivo de 30 segundos, este movimento oferece um contador de pequenos segundos padrão e dois contadores de cronógrafo de 15 minutos e de seis horas. Como todos os movimentos Breitling, o Calibre 25 é certificado pelo COSC, oferece uma reserva de marcha de 42 horas e bate a uma cadência de 28.800 alternâncias/hora. Já o Top Time Shelby Cobra, está equipado com o Calibre 41, que mantém a reserva de marcha de 42 horas, as 28.800 alternâncias/hora e a certificação COSC do Calibre 25, mas utiliza um ponteiro central dos segundos do cronógrafo padrão de 60 segundos e contador de 30 minutos.

Todos os modelos da colecção Breitling Top Time Classic Cars são combinados com correias em pele de bezerro desgastadas com perfurações estilo rally, castanhas no caso do Top Time Ford Mustang e Shelby Cobra, e preta no caso do Top Time Chevrolet Corvette.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.