Cartier Panthère e Métiers d’Art

Novidades 2020

640

O Cartier Panthère continua a ser reinterpretado pela Maison em 2020. Do motivo ao material ou ao volume, tudo fornece motivos para ir além dos diferentes ofícios e técnicas, permitindo novos territórios criativos.

O encontro entre a Pantera e o savoir-faire da Cartier tem levado à criação de relógios preciosos, criativos e inovadores. Este ano não é excepção e a Maison apresenta três novos modelos jóia.

Métiers d’Art

Este ano, os artesãos de La Chaux-de-Fonds revelam dois novos relógios “Métiers d’Art”: um que utiliza Marchetaria de palha e ouro e outro filigrana de esmalte, ambos produzidos na colecção Ronde Louis Cartier.

O primeiro, feito inteiramente pelo artesão de marchetaria da Maison des Métiers d’Art em La Chaux-de-Fonds, revela a técnica da marchetaria de palha e ouro. A renderização lembra o baixo-relevo. Um empreendimento aventureiro e sem precedentes, que exigiu que o artesão de marchetaria fosse treinado no trabalho em ouro pelo artesão joalheiro. Este modelo requereu mais de 100 horas de trabalho, 97 das quais apenas no mostrador, e está disponível numa edição limitada de 30 relógios numerados individualmente.

Já o Ronde Louis Cartier Filigrana de Esmalte exigiu que os designers e artesãos da Maison des Métiers d’Art adaptassem a técnica de filigrana para ser usada com esmalte. O pó de esmalte é aquecido e o vidro é esticado até assumir a forma de bambu, antes de ser colocado e fixado ao mostrador por pequenos fios de ouro amarelo. Este relógio está disponível numa edição limitada de 30 peças numeradas individualmente.