Os dias quentes já estão aí. Pedem passeios despreocupados e apelam à liberdade e às sensações. Na promessa de momentos inesquecíveis, as marcas apresentam as suas versões cabriolet, numa panóplia de requinte em que o mais difícil será mesmo escolher.

Com o bom tempo instalado e o calor a convidar a passeios refrescantes embalados pela sombra das árvores ou inspirados pela euforia do sol, os descapotáveis são os veículos mais apetecíveis da estação. Dos modelos acabados de sair do Salão de Genebra aos que já encontraram o estrelato nas vendas, as hipóteses são muitas. Sempre de cabelos ao vento, com muito requinte e uma força carismática.

1. Bentley Continental GTC

Um dos modelos mais aguardados para a estação é o novo Bentley Continental GTC. Apresentado oficialmente no certame helvético seduziu de imediato com o seu novo motor V8, de quatro litros e duplo turbocompressor. Com uma potência de 507 cv às 6.000 rpm, disponibiliza um binário máximo de 660 Nm logo a partir das 1.700 rpm e até às 5.000 rpm. Acoplado a uma nova transmissão automática de oito relações, este motor permite ao GTC acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas cinco segundos e ultrapassar a fasquia dos 300 km/h!

O carácter robusto do novo GTC fica, desde logo, patente em detalhes como a grelha matricial em preto acetinado com moldura e barra central em cromado, pelo pára-choques dianteiro de efeito tripartido, pelo difusor traseiro escuro e pelos exclusivos tubos de escape cromados.

2. Jaguar XK

Igualmente requintado é o Jaguar XK, um automóvel que combina o luxo da construção e dos materiais com as performances vigorosas e assertivas. Com uma construção inspirada na indústria aeroespacial, um XK disponibiliza diversos sistemas que o tornam num marco na precisão. O Sistema Dinâmico Adaptativo do XK analisa a velocidade, a direcção e os movimentos da carroçaria 500 vezes por segundo, ajustando depois o conjunto da suspensão para proporcionar o equilíbrio ideal entre conforto e precisão de comportamento. Com uma imagem plena de energia, encontra-se equipado com um motor V8 a gasolina de 5,0 litros naturalmente aspirado e de injecção directa.

Os seus 385 cv e 515 Nm de binário máximo permitem-lhe alcançar a barreira dos 100 km/h em 5,5 segundos. Nas versões superiores, o motor V8 de 5.0 litros vê as suas capacidades dinâmicas estendidas: No XKR para 510 cv e 625 Nm, acelerando dos 0 aos 100 em 4,8 segundos, e no XKR-S para 550 cv e um binário máximo de 680 Nm, tornando-o no motor de estrada mais potente de sempre da Jaguar.

3. Aston Martin DB9 Volante

As performances desta versão R são muito semelhantes às proporcionadas pelo Aston Martin DB9 Volante. O cabriolet, com uma configuração 2+2, recebeu um bloco 6.0 V12 de 470 cv e 600 Nm. O DB9 viaja até aos 100 em 4,8 segundos e ultrapassa, também, a barreira dos 300 km/h. Esteticamente, o DB9 Volante beneficia de uma linha mais simples e menos ostensiva do que os seus congéneres. Mantendo um alto padrão de qualidade em termos de acabamentos e sistemas de segurança, é um modelo que seduz pelo carácter menos agressivo, até em termos de performances.

Para sublinhar a sua elegância, o DB9 Volante pode ser adquirido numa edição especial, em que os tons metálicos acrescentam alguma frieza à carroçaria, contraposta com os tons quentes “chocolate” utilizados no habitáculo.

4. Ferrari California

No outro extremo, encontramos outra das grandes, e aguardadas, estreias do último Salão de Genebra: o novo Ferrari California. Com uma imagem redesenhada, o novo modelo está mais leve e mais potente que o seu antecessor.

O novo California perdeu cerca de 30 kg graças às tecnologias utilizadas para fabricar os componentes do chassis em alumínio. Por outro lado, o bloco V8 de 4.3 litros debita agora 490 cv. O acréscimo de 30 cv foi alcançado graças a uma nova gestão electrónica e aos novos colectores. Uma nova unidade de gestão dos amortecedores torna a resposta do Califórnia mais rápida, ao mesmo tempo que as molas têm uma afinação mais rígida, ou não fosse a performance um dos seus pontos fortes. Prova disso é a sua aceleração dos 0 aos 100, realizada em apenas 3,8 segundos.

5. Audi R8 Spyder

A raça desportiva é também a nota dominante no Audi R8 Spyder. Extremamente possante, a sua imagem e dimensões remetem de imediato para o super desportivo que é. Equipado com o bloco 5.2 FSI quattro, debita 525 cv de potência e realiza a prova dos 0 aos 100 em apenas 4,1 segundos.

https://youtu.be/yB8tgVqmKzw

Com um binário de 530 Nm, o motor de dez cilindros aparece associado à caixa manual sequencial R tronic, que permite fazer mudanças de velocidades rápidas. Graças à sua estrutura compacta e leve (em alumínio e fibra de carbono), ultrapassa a fasquia dos 200 km/h em 12,4 segundos e atinge uma velocidade máxima de 313 km/h.

6. Porsche 911 Carrera Cabrio e Carrera S Cabrio

Também a fazer os seus primeiros passeios por estradas portuguesas vão estar os novos Porsche 911 Carrera Cabrio e Carrera S Cabrio. Os modelos seguem a linha da versão coupé e estão agora ainda mais leves, graças a uma utilização mais inteligente do alumínio e da fibra de carbono na construção do chassis e, por outro lado, à patenteada capota em lona, também ela mais leve e aerodinâmica.

A distância entre eixos cresceu 100 mm, o que juntamente com a direcção com assistência electromecânica e a suspensão mais evoluída promete uma condução bem divertida. Estreia no novo Cabrio, mais leve, mais potente e mais económico, é a nova caixa manual de sete velocidades.

7. Maserati GranCabrio Sport

Para lhe fazer frente, a Maserati apresenta os seus trunfos no GranCabrio Sport. O mais desportivo dos descapotáveis da Maserati, destaca-se, esteticamente, pela grelha preta, pelo original design dos faróis e pelos desportivos spoilers inferiores. Equipado com o motor V8 de 4.7 litros, debita 450 cavalos e aparece associado a uma transmissão automática controlada pelo software de troca de velocidades MC Auto Shift, também usado no Quattoporte Sport GT S.

A suspensão também reconfigurada e os discos de travão dianteiros com perfurações e ranhuras são novidades na nova versão do modelo. Igualmente estreante foi a cor Vermelho Trionfale, inspirada nas cores da Maserati de competição dos anos 50. A viagem dos 0 aos 100 realiza-se em 5,2 segundos, com o GranCabrio a conseguir “voar” até aos 285 km/h!

8. Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse

No entanto, o mais veloz dos descapotáveis é mesmo o novo Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse, que fez a sua estreia também no salão de Genebra. Com uns impressionantes 1200 cv de potência, disponibiliza um binário máximo de 1500 Nm! O Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse foi desenvolvido a partir do Veyron Super Sport, que detém o recorde de velocidade, ao conseguir atingir uns impressionantes 431 km/h!

Em relação a esta versão houve um aumento de potência, proporcionado por afinações realizadas ao nível dos quatro turbocompressores e intercoolers do bloco de 16 cilindros, o que obrigou a um reforço a nível do chassis.

Embora a marca ainda não tenha revelado as performances para o novo modelo, os números deverão ficar bastante próximos dos do Super Sport, que lhe serve de base e realiza o percurso dos 0 aos 100 em 2,5 segundos e dos 0 aos 200 km/h em 6,7 segundos!

0 aos 100 em 2,5 segundos e dos 0 aos 200 km/h em 6,7 segundos!
Dos mais rápidos aos mais requintados, a nova estação oferece descapotáveis para todos os gostos. Se gosta de passear de cabelos ao vento e de emoções fortes, estes super bólides deverão dar-lhe argumentos para não esperar mais…

Apaixonada por automóveis e em demanda de emoções fortes, no momento de escolher uma vertente do jornalismo, Andreia Amaral não teve dúvidas de que escrever sobre carros seria o que a faria feliz. Ao longo da sua carreira, trabalhou para diversas publicações do sector. Ecléctica em interesses, hoje, divide o seu tempo entre dois amores: os motores e a Economia. Para além de colaborar com diversas revistas, é editora da Turbo Oficina e do Guia Empresarial (suplemento do JN).