Chabi Nouri é a mais recente CEO da Piaget. Agora dona de um cargo que se afigura raro entre mulheres, num universo dominado por homens, Chabi – para quem o Grupo Richemont é, há 20 anos, a sua casa profissional – juntou-se à Piaget em 2014 como Directora de Marketing, Comunicação e Herança. Agora à frente dos destinos da marca, Chabi Nouri promete dar destaque à percepção da maison como um todo, integrando relojoaria, joalharia, tradição e vanguardismo.

Foi recentemente nomeada como CEO da Piaget. Quais foram, até agora, os principais desafios?

Não são propriamente desafios, porque a Piaget é uma marca que começou a brilhar fortemente há muito tempo. Mas sinto que precisamos de ter mais pessoas a sabê-lo, a conhecerem e a perceberem a marca, os seus valores e os seus produtos. Este é provavelmente, não o desafio, mas a maior oportunidade, porque assim que as pessoas percebem a história e as peças da Piaget, adoram-na.

 

Que estratégia definiu quando assumiu o cargo?

Trabalhamos muito como equipa. Somos uma das poucas maisons que oferece relógios, jóias, para homens, para mulheres, peças muito exclusivas e peças para o quotidiano. A estratégia é provavelmente conjugar tudo isso. Já ganhámos uma grande credibilidade na produção de relógios extra-planos, por isso temos de nos focar um pouco mais em elevar de novo os outros tipos de relógios e também a joalharia. Esta é a orientação que temos.

Nesta indústria, não é muito comum existirem mulheres a ocupar estas posições. Considera que, como mulher, poderá trazer vantagens à marca, por exemplo, em termos de diversidade?

Como pessoa, espero ter a oportunidade de trazer algo, mas enquanto género, não tenho a certeza. Penso que é mais uma questão de personalidade e de liderança do que de género.

 

Qual é a sua visão para a Piaget?

A visão global é de que, definitivamente, precisamos de manter o excelente equilíbrio entre o feminino e o masculino. Somos muito conhecidos pelos relógios muito elegantes de homem e pretendemos ter a mesma estratégia no segmento feminino, com relógios também muito elegantes. Adicionalmente, queremos que se perceba o que é a Piaget como marca e não apenas ir directamente ao produto.

PARTILHAR
Directora/Editor in Chief | Revista Turbilhão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here