ExclusivoCom os dias mais quentes a convidarem a desfrutar do ar-livre, o hotel Myriad sugere um brunch à beira Tejo, com a assinatura do Chef Frederic Beitenbucher. A Turbilhão foi experimentar e conta-lhe como foi.

Porque o fim-de-semana convida à preguiça, a pequenos-almoços tardios e, se o tempo o permitir, a passeios ao ar-livre, o Hotel Myriad, em Lisboa, através do Chef Frederic Beitenbucher, prepara, aos sábados e domingos, um brunch que pode ser apreciado enquanto o olhar vagueia pelo estuário do Tejo.

myriad06-0734

A convite do Sana Hotels, num domingo quente e soalheiro, a Turbilhão foi experimentar este pequeno-almoço “almoçarado” no deque do Restaurante River Lounge. Com o Tejo como cenário, recortado ao fundo pela ponte Vasco da Gama e tendo por companhia um ou outro pássaro que, de vez em quando, vinha depenicar algumas migalhas das mesas recentemente abandonadas, a refeição não podia ter sido mais tranquila, relaxante e diversificada.

img_7704_5_6_fused

Na parte interior do River Lounge, onde as iguarias do brunch aguardavam, a dificuldade foi mesmo escolher. À disposição estava um buffet de frios e quentes, selecção de pães e viennoiserie, fruta fresca, sushi, saladas, ostras, vieiras, sobremesas e uma variedade de bebidas tais como sumo de laranja natural, sumo do dia, refrigerantes, cervejas nacionais e vinho seleccionado.  Na mesa dos quentes, os típicos ovos mexidos, salsichas e bacon, assim como uma opção de peixe, carne e sopa aguardavam pelos apreciadores.

img_7681

A Turbilhão optou por um menu mais veraneante, afinal o tempo lá fora assim o exigia, e experimentou um bocadinho de quase tudo o que se encontrava no buffet de frios, com especial destaque para os queijos, saladas e, claro, as ostras. Tudo acompanhado por um refrescante vinho branco.

img_7665

Para terminar, e antes do café, uma visita à mesa das sobremesas, cuja apresentação por si só convidava a provar um pouco de tudo. O sabor, por seu lado, não gorava qualquer expectativa.

Um final de manhã, início de tarde, muito agradável e a repetir em breve, até porque a composição dos pratos frios, saladas compostas, queijos e sobremesas muda semanalmente.

PARTILHAR
Directora/Editor in Chief | Revista Turbilhão