Uma vez por mês, o Pestana Palace Lisboa é palco de um encontro muito exclusivo. Empresários influentes em diversas áreas reúnem-se num jantar promovido pelo Wine & Executive Club, um clube restrito e único no género em Portugal.
Conversas à volta do vinho. De uma forma muito sumária poder-se-ia descrever assim os encontros promovidos pelo Wine & Executive Club (WEC). Contudo, estaríamos, provavelmente, a ser demasiado redutores. Este clube exclusivo e único por terras Lusas nasceu em França. Ou melhor, a ideia teve origem em paragens gaulesas. Aí, Eric Dubois, um dos sócios fundadores do WEC, era membro de um clube similar e desafiou o cunhado português, Óscar Mendes, a, juntos, importarem o conceito para Portugal. O principal objectivo do clube é o networking. Para tal, o WEC promove a reunião dos seus membros – executivos de topo nas mais diversas áreas de actividade – num jantar mensal à volta do tema do vinho. O primeiro encontro teve lugar em Novembro de 2016 e, desde então, todas as terceiras quintas-feiras do mês estão reservadas para o evento do Wine & Executive Club. Apreciadores de vinhos e gastronomia de excelência, os membros do WEC reúnem-se para trocar contactos e experiências, ao mesmo tempo que degustam um jantar preparado pelo Chef Pedro Marques, harmonizado com vinhos de excepção. Cada um dos encontros promovidos conta com dois convidados especiais: o produtor que apresenta os seus vinhos e um orador que se tenha destacado nas mais diversas áreas, desde o mercado do luxo à economia, passando pelas artes ou pela moda. Pelos jantares do Wine & Executive Club já passaram casas como a Herdade de Portocarro, Ervideira, Nova Quinta do Sagrado, Casa de Santar, Grupo d’Uva ou Quinta do Monte d’Oiro, bem como oradores tão reconhecidos como Jorge Monteiro da Vini Portugal, Miguel Costa da Maserati, David Kolinski da Boutique dos Relógios Plus, Sofia Tenreiro da Cisco Portugal, Ricardo Oliveira da World Shopper ou Rosália Amorim do Dinheiro Vivo. Para já, a actuação do Wine & Executive Club está circunscrita a Lisboa, mas, segundo Óscar Mendes, o objectivo será expandir-se a outras cidades do país, com o Porto a afigurar-se como o provável próximo anfitrião destes encontros. Interessado em pertencer a este clube exclusivo? Se sim, saiba que não basta inscrever-se. Para se tornar membro do WEC terá de receber um convite da Direcção ou ser recomendado por um dos membros. A exclusividade a isso obriga.  

Vantagens de ser membro do WEC

  • Networking e negócios
  • Condições especiais e descontos junto dos parceiros do WEC: Academia de Golfe de Lisboa, Boutique dos Relógios Plus, Ermenegildo Zegna, Riedel, Acqua Pana/S.Pelegrini, Valair Private Jets, Bentley, etc.
  • Acesso exclusivo aos vinhos do produtor convidado e a outras referências que não se encontram no mercado através da loja online do WEC (aberta exclusivamente a membros)
  • Oferta de uma garrafa NOBRE 2013, da Casa de Santar
  • Oferta do primeiro nível (são cinco no total) do curso de vinhos WEC, a decorrer no Pestana Palace
Mais informações em: www.wineexecutiveclub.com | (+351) 214 838 670

PARTILHAR
Directora/Editor in Chief | Revista Turbilhão