A Maserati lança o seu primeiro SUV, combinando assim a aventura fora de estrada com o habitual luxo e potência dos motores oferecidos pela marca italiana do tridente.

A luxuosa marca Maserati acaba de aderir à moda dos SUV com o seu modelo Levante e que, tal como o nome do vento que o baptizou, traz uma nova aragem a este conceito. De facto, o Levante conjuga o luxo com a aventura e o seu design, a evidenciar a elegância e o estilo italianos, que emprestam a este modelo um perfil ao estilo do coupé.

As suas linhas bem esculpidas, dando-lhe um ar atlético, não perdem o ADN dos antigos carros desportivos criados pela famosa marca italiana, inspiração esta desde logo visível na grelha frontal côncava, que exibe ao centro o símbolo do tridente. Com ópticas dianteiras bi-Xénon, há também uma opção pelo Adaptative Front Lighting System que permite ajustar o foco luminoso automaticamente depois de o sistema analisar a intensidade do tráfego, a velocidade e a iluminação existente à volta do veículo.

A passagem para o interior do Maserati leva-nos a uma atmosfera de luxo, onde o pormenor faz a diferença. Os materiais de alta qualidade aí existentes dividem-se entre a pele que forra os assentos, as madeiras exóticas e os metais, tudo trabalhado na perfeição. O requinte vai mesmo ao ponto de uma colaboração com o famoso estilista Ermenegildo Zegna, que desenha outras peças exclusivas para ligar com os estofos em pele. Um sistema de som Harman Kardon acrescenta uma mais-valia ao conforto sentido no habitáculo, que desde logo oferece bancos da frente envolventes a garantir excelente apoio e também a pensar no conforto dos passageiros que viajam no banco traseiro onde não falta espaço muito devido aos 3 metros da distância entre eixos do Levante. Um ecrã táctil de 8,4 polegadas completa o equipamento, sem esquecer a possibilidade de podermos optar por um sistema que nos permite controlar a altura dos pedais. Tudo pensado em nome do conforto.

No que respeita à motorização, temos um motor a Diesel com 275 cv e dois a gasolina: um com 350 cv e o Levante S, este o topo de gama com uns impressionantes 430 cv. O Maserati Levante tem tracção integral o que lhe permite ter umas aventuras ‘off-road’. Os responsáveis da marca equiparam-no, por isso, com o sistema Q4 que altera a repartição entre as rodas dianteiras e traseiras garantindo um melhor controlo. Para além disto, a altura da carroçaria ao solo pode ser ajustada em seis posições diferentes, sendo que só cinco servem para circular enquanto a sexta, a mais baixa, serve apenas para aparcamento. A diferença entre a posição mais alta e a mais baixa é de 85 mm. Um pormenor interessante é o facto de sempre que o veículo para, por exemplo no trânsito, o sistema fazer descer a carroçaria à posição mais baixa, voltando a subir quando se retoma a marcha.

Enfim, a Maserati a emprestar todo o luxo e potência habitual nos seus modelos a este Levante sob a forma de SUV que assim estreia o lado ‘aventura’ na famosa marca italiana.

PARTILHAR
José Manuel Moroso integrou os quadros do EXPRESSO como jornalista e aí trabalhou em várias áreas durante mais de 20 anos. Foi durante muitos anos responsável pela famosa secção Gente (Expresso), substituindo Pedro d’ Anunciação, passou pela política, foi editor de desporto, editor dos Guias do Expresso e do Livro da Boa Cama e da Boa Mesa e editor da Sociedade. Especializou-se, também, em críticas de vinhos e a escrever sobre relógios. Transitou, depois, para o jornal Sol, acompanhando a anterior direcção do EXPRESSO, onde se manteve nove anos, até ao final de 2015.