Sonho é o nome do primeiro perfume de Rosa & Teixeira, uma fragrância que convida a uma viagem pelas memórias de José Castro.

A Rosa & Teixeira acaba de lançar o primeiro perfume da marca. A nova fragrância – Sonho – inspira-se nos aromas de infância de José Castro, figura por detrás da Rosa & Teixeira, nas memórias pautadas por cenários campestres, por frutos de sabor e fragrância únicos ou pela sombra de um marmeleiro particular.

Um verdadeiro sonho de infância trazido para o presente, partilhado agora numa fragrância masculina que envolve os sentidos com o seu aroma frutado, cujo toque levemente adocicado do marmeleiro é equilibrado pela frescura dos frutos vermelhos.

Criado em Inglaterra e desenvolvido totalmente em Portugal, SONHO Eau de Parfum é uma fragrância delicada, que se revela através de uma embalagem intemporal, onde o passado e o presente se cruzam. O frasco, com linhas geométricas e depuradas, remete para a pureza das memórias de infância e lembra a elegância masculina no seu estado mais puro.
Já as cornucópias desenhadas no rótulo do perfume SONHO, consagram os padrões dos tecidos presentes nas gravatas e écharpes masculinas, remetendo às origens de Rosa & Teixeira e ao universo da alfaiataria e à arte de bem-vestir no masculino.

Nova colecção Outono/Inverno

A par do lançamento do novo perfume, a Rosa & Teixeira apresentou ainda a nova colecção Outono/Inverno, onde os clássicos se reinventam com detalhes inusitados para fazer frente à estação mais fria do ano.

Fiéis à sua intemporalidade, os clássicos fatos de duas ou três peças – com padrões xadrez príncipe de Gales, pieds de poules e tartan – alinham nesta estação com novas abordagens e detalhes inesperados. Cúmplices do lifestyle agitado do homem contemporâneo, surpreendem com tecidos que integram tecnologias inovadoras e evitam a criação de vincos indesejados, mantendo a sua forma original desde o início ao fim do dia.

Num registo mais casual, os tecidos com novas tecnologias incorporadas, as lãs, a caxemira, a camurça e as flanelas ultra-finas dão o mote às peças-chave da estação. A compor a paleta-base da estação está uma extensa gama de azuis, cinza e tons telúricos, pontuados com pinceladas de cores vibrantes que oferecem uma certa dose de irreverência aos coordenados. O efeito-surpresa dos coordenados chega sob a forma de écharpes e camisas com padrões criativos.

Protagonistas da estação, os trench coats para os dias chuvosos a par dos puffer jackets e dos bombers jackets são os must-have que não podem mesmo faltar no closet masculino.

FONTEFotografia: Pedro Bettencourt
PARTILHAR
A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here