A nova campanha publicitária da Louis Vuitton recria o espírito de viagem original para as novas gerações.

O charme do desconhecido, o prazer da exploração, o alvoroço da descoberta… são algumas das emoções capturadas numa série de imagens, fotografadas na África do Sul por Peter Lindbergh, com estilismo de Carine Roitfeld e com as modelos Karen Elson e Edie Campbell.

LVA Louis Vuitton tem vindo a definir a arte de viagem desde 1854, concebendo bagagem que acompanha, para os mais variados lugares do mundo, exploradores e pioneiros, estrelas e chefes de estado. Para esta jornada que agora empreende, a marca decidiu escolher a emblemática tela Monogram, criada por Georges Vuitton em 1896. Macia, leve, impermeável, robusta e elegante, a tela Monogram viajou por todo o mundo, sublimando ambientes desconhecidos e situações inesperadas.

LV1Nesta nova expedição – descrita por Carine Roitfeld como “uma viagem aos limites da elegância” – as duas aventureiras são acompanhadas por três malas icónicas da Louis Vuitton: a Speedy, a Keepall e a Neverfull. Duas novas criações em tela Monogram fazem também a sua primeira aparição.

LV2Para lá da tela Monogram, das modelos e até da beleza da África do Sul e das suas paisagens banhadas pela luz dourada captadas por Peter Lindbergh, a verdadeira estrela desta campanha é a própria viagem. A viagem como inspiração; como iluminação. A viagem como arte. A viagem como fonte inesgotável de impressões e de emoções, de memórias e de momentos de graça.

A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.