Peças do tempo de excepção, que aliam magistralmente a joalharia e a relojoaria, estas peças do tempo da Harry Winston destacam-se pela sublime utilização dos diamantes e das pedras preciosas.

Com grande tradição no universo da joalharia, a Harry Winston estreou-se na medição do tempo com pompa e circunstância, em 2001, com o lançamento do Opus. Adquirida em 2013 pelo Grupo Swatch, a marca aumentou nos últimos anos a sua oferta cronométrica e estabeleceu-se definitivamente no mundo da alta relojoaria. Hoje, a marca oferece peças do tempo de excepção, algumas delas combinando os dois ofícios que lhe são caros: a joalharia e a relojoaria. Este é o caso dos quatro modelos que figuram nesta página e que têm nas pedras preciosas o denominador comum.

O primeiro exemplo é o Midnight Moon Phase Diamond Drops, cujo design do mostrador celebra o brilho e cintilação dos melhores diamantes do mundo. A face azul é sublinhada por uma cascata de brilhantes com engaste “neve” e o equilíbrio e harmonia de toda a peça são conferidos pela luneta e asas engastadas com diamantes, bem como pelas fases da Lua, no centro do mostrador. O toque final neste relógio com 305 diamantes é dado pela caixa de 39 mm em ouro branco e pelo bracelete em pele de crocodilo azul.

A chuva de diamantes continua no Avenue Diamond Drops, desta feita numa caixa rectangular em ouro rosa, engastada na luneta e asas, cujo mostrador castanho recebe uma cascata de brilhantes com engaste “neve”. Os melhores amigos da mulher continuam em destaque numa das mais recentes obras-primas da Harry Winston. Trata-se do Premier Lotus Automático. Com uma caixa de 31 mm, o novo modelo apresenta uma escultura floral dinâmica que se ergue das águas perladas do mostrador. Aqui, as majestosas pétalas da flor de lótus surpreendem pela cor, luz, volume e, claro, pelo fulgor dos diamantes.

Finalmente, no Premier Winston Candy, os diamantes unem-se às pedras preciosas coloridas, para dar vida a uma peça do tempo automática que remete para as memórias de infância e para a alegria e cor de uma loja de doces. Aqui, turmalinas azuis, tsavoritas verdes, espessartitas laranja, safiras azuis claras e escuras, espinelas vermelhas e safiras rosa, cortadas em três tamanhos diferentes e com engaste neve, brilham no mostrador, que lembra um conjunto de guloseimas à espera de ser saboreado. A emoldurar esta montra de doces está uma caixa de ouro branco com 31 mm, que protege um movimento automático de manufactura.