O aclamado blended whisky escocês, James Martin’s, celebra a passagem de testemunho a Bill Lumsden numa rara edição de 32 anos, disponível em exclusivo para Portugal.

De traços doces e suaves, entrelaçados com um aroma cremoso e frutado, a intensidade deste whisky é reavivada num blend armazenado até à perfeição em barris envelhecidos. Partilhado em exclusivo com o público português, esta edição da James Martin’s, autêntico pedaço de história engarrafada, reserva-se aos amantes de whisky antigos e novos, num país onde a marca sempre foi uma referência de luxo e atravessou várias gerações de apreciadores, num legado passado de pai para filho. A honrar a raridade deste líquido precioso, esta edição exclusiva vem numa garrafa em esquadria, inspirada na Art Déco, bem ao estilo dos whiskies James Martin’s, e com a tradicional andorinha, símbolo do selo de marca original da casa.

Sendo um já antigo e célebre nome escocês, o whisky da James Martin’s é elogiado por numerosas gerações de críticos, tendo sido o preferido da realeza britânica, e apreciado nos mais requintados transatlânticos clássicos. A James Martin’s abasteceu a Casa Real Britânica no início do século XIX, sob o Rei Eduardo, e foi servida nos luxuosos Queen Mary e Queen Elizabeth no pós Segunda Guerra Mundial. Além das distinções históricas, o James Martin’s de 30 anos foi, inclusivamente, galardoado com medalha de ouro pelo International Wine and Spirits Competition em 2004.

O fundador, James “Sparry” Martin, dá nome à prestigiada James Martin & Co., a marca centenária estabelecida em Edimburgo, Escócia, em 1878. Hoje, o legado do criador mantém a sua expressão vigorosa e é entregue às mãos de Dr. Bill Lumsden, perito inovador em blend e malte single da Glenmorangie Company.

A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.