As novas malas com corrente da Cartier estão disponíveis em três cores – preto, bege ou vermelho – e dois estilos: uma versão quadrada para o dia ou uma clutch rectangular para a noite.

As novas malas com corrente da Cartier balançam no topo da elegância, inextricavelmente ligadas ao poder de sedução: pele brilhante, um fecho-jóia, o brilho das escamas na aba e um formato clássico imbuído em sofisticação. Uma mala que é notada, ora desfilando ao longo das grandes avenidas, ora balançando despreocupadamente no ombro.

26915
Mala bege em pele de bezerro gravada, pele de bezerro patenteada e pele de cobra de água, com detalhes revestidos a paládio. Vincent Wulveryck © Cartier 2012

Três cores – preto, bege ou vermelho – adornam dois estilos: uma versão quadrada para o dia ou uma clutch rectangular para a noite.

Clutch vermelha em pele de bezerro gravada, pele de bezerro patenteada e pele de cobra de água, com detalhes revestidos a paládio e alça amovível. Vincent Wulveryck © Cartier 2012
Clutch vermelha em pele de bezerro gravada, pele de bezerro patenteada e pele de cobra de água, com detalhes revestidos a paládio e alça amovível. Vincent Wulveryck © Cartier 2012

As características gráficas são sublinhadas por contrastes ousados: os elos circulares da corrente e os ângulos da aba à volta do fecho fazem destas malas espécimes perfeitos de uma geometria sincronizada.

Mala preta em pele de bezerro gravada, pele de bezerro patenteada e pele de cobra de água, com detalhes revestidos a paládio. Alexis Armanet © Cartier 2012
Mala preta em pele de bezerro gravada, pele de bezerro patenteada e pele de cobra de água, com detalhes revestidos a paládio. Alexis Armanet © Cartier 2012
A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.