Sabia que, durante muito tempo, o aço não era considerado um metal digno da Alta Relojoaria? Saiba como este material se tornou um must-have e descubra alguns dos mais recentes relógios em aço.

O aço foi, durante a maior parte da história da relojoaria, um metal pouco ou nada utilizado na produção de caixas e braceletes. Os relógios eram, até o advento dos métodos de produção em massa, em meados de 1800, objectos bastante preciosos e, muitas vezes, únicos.

Mesmo quando o aço inoxidável começou a ser produzido em massa, no início do século 20, demorou algum tempo para os relógios com caixa em aço se tornarem comuns. Na época, o material preferido para a caixa de um bom relógio era o ouro, ou ouro sobre algum metal comum.

Audemars Piguet Royal Oak Selfwinding

Assim, o aço era um material considerado prático, mas não precioso, e a sua utilização na relojoaria era, em grande parte, restrita a relógios destinados a algum propósito técnico ou profissional específico. Até 1972, quando o primeiro Royal Oak em aço mudou completamente o paradigma dos metais preciosos na relojoaria tradicional.

Desde então, o aço como material significativo no universo dos entusiastas relojoeiros continuou a evoluir de forma constante. E, embora o Royal Oak tenha sido o primeiro relógio de aço de luxo – que combinou um movimento de haute horlogerie, antes utilizado em modelos automáticos ultra-requintados em metais preciosos, com o aço -, hoje virtualmente todas as marcas de Alta Relojoaria possuem referências neste metal.

Audemars Piguet Royal Oak Automático 41 mm

Dentro deste Audemars Piguet Royal Oak está o movimento automático de manufactura calibre 3120, com rotor em ouro e 60 horas de reserva de marcha, visível através da caixa de 41 mm em aço. 

O mostrador com padrão Grande Tapisserie exibe uma escala de minutos impressa na área externa, uma janela de data mais afastada do centro, marcadores de horas aplicados em ouro branco e ponteiros Royal Oak com revestimento luminescente.

Vacheron Constantin Overseas Turbilhão

O desportivo de luxo da Vacheron Constantin eleva ainda mais o seu estatuto ao incluir, pela primeira vez na história da colecção Overseas, um turbilhão automático. Mantendo o espírito desportivo, o novo Overseas Turbilhão apresenta-se numa caixa extraplana em aço, com 42,5 mm – ligeiramente maior do que a versão clássica de horas e minutos – e apenas 10,1 mm de espessura.

Já o mostrador, surge em azul translúcido lacado, o que confere grande destaque ao turbilhão, com a gaiola a formar a icónica cruz de Malta, localizado às 6h. As horas e minutos são indicados através de marcadores e ponteiros em ouro branco revestido a material luminescente.

Dentro do Overseas Turbilhão bate o calibre automático ultrafino 2160, com rotor periférico em ouro e 80 horas de reserva de marcha, visível através do fundo da caixa em vidro de safira. O toque final é dado pelo sistema de intercâmbio fácil da correia, que pode ser em aço, borracha ou aço, sem necessidade de recorrer a ferramentas.

Bulgari Octo Finissimo S

Um sucesso absoluto desde o seu lançamento, em 2014, a colecção Octo Finissimo impôs-se como uma elegante fusão entre o incomparável design italiano e a inovadora mestria mecânica suíça. Inúmeros prémios e recordes depois, o mais recente Octo Finissimo S continua a captar a essência do homem moderno, combinando alto-desempenho e estilo.

Disponível numa caixa extraplana de 40 mm em aço, com mostrador preto ou azul, o Octo Finissimo S bate ao ritmo do movimento automático solotempo mais fino do mundo e vê a sua resistência à água aumentar de 30 para 100 metros.

IWC Portugieser Cronógrafo

O novo IWC Portugieser Cronógrafo destaca-se do seu antecessor ao ser movido por um calibre totalmente desenvolvido e produzido in-house. Trata-se  do movimento cronógrafo automático, calibre 69355, com roda de colunas, cuja energia lhe é fornecida através de um sistema de corda de lingueta bidireccional, e que pode ser admirado através do fundo da caixa em vidro de safira.

E porque em aposta vencedora não se mexe, o design do IWC Portugieser Cronógrafo mantém-se inalterado, com o seu mostrador clean, simples e funcional, mas agora disponível em novas cores vibrantes: azul, verde e vermelho.

Cartier Pasha

O Pasha de Cartier 2020 permanece fiel ao original, mas acrescenta um pouco mais de sofisticação graças à sua coroa, que incorpora uma espinela ou safira azul, à sua pulseira intercambiável e às várias opções de personalização.

A coroa com corrente é um dos elementos-chave no design do relógio Pasha de Cartier e, agora, esconde dois segredos: uma espinela ou safira azul que veste a coroa de corda e uma gravação personalizável. Criada em forma de iniciais, a gravação é colocada sob a tampa da coroa, secreta, não sendo visível a menos que a famosa coroa com corrente seja desaparafusada.

Também a pulseira do novo Pasha evoluiu. Com novas cores e materiais, todas as versões são intercambiáveis, graças ao sistema QuickSwitch, patenteado pela Cartier.

Piaget Polo S

A Piaget actualizou o icónico relógio Polo S com um mostrador de cor verde forte. O design desportivo e elegante do relógio de 1979 mantém-se, assim como o mostrador guilhoché texturizado que, agora, irradia uma cor esmeralda ou azul claro, dependendo da forma como a luz incide no mostrador. A contrastar com a nova tonalidade do Polo S estão os ponteiros, índices e janela de data em ouro rosa.

O novo Polo S apresenta-se numa caixa de 42 mm em aço, é movido pelo calibre automático de manufactura 1110P e limitado a 888 peças.

Omega Speedmaster Moonwatch

O Speedmaster é um dos mais icónicos modelos da Omega, tendo participado em todas as seis missões lunares. Este Speedmaster Professional “Moonwatch” exibe um mostrador preto protegido por um vidro hesalite e embelezado por um pequeno sub-mostrador de segundos, um contador de 30 minutos e um contador de 12 horas, juntamente com um ponteiro de cronógrafo central. A escala taquimétrica preta, assenta numa caixa de 42 mm em aço inoxidável e apresenta-se com uma pulseira a condizer.



No coração deste cronógrafo está o calibre mecânico 1861 da Omega, o lendário movimento de corda manual que foi usado na Lua. Este relógio é disponibilizado com um estojo especial Moonwatch, que contém um bracelete “NATO”, um bracelete para astronautas, uma ferramenta para mudar o bracelete e um livro que descreve as aventuras do Speedmaster.

Breitling Chronomat B01 42

Um ícone da sua época, quase 40 anos depois, o Breitling Chronomat redesenha-se e volta às luzes da ribalta. As características do novo Breitling Chronomat B01 42 fazem lembrar o clássico homónimo da década de 1980. É o caso do bracelete «Rouleaux», integrado em aço, com fecho borboleta, ou do aro rotativo com marcadores móveis, também fiéis ao original e intermutáveis, pelo que o utilizador pode utilizá-los para uma função de «contagem crescente» ou «contagem decrescente».

Com uma caixa de 42 mm, estanque até 200 metros e ponteiros revestidos com Super-LumiNova®, o novo Breitling Chronomat está disponível numa variedade de opções de metal e mostrador. Cada cronógrafo da nova colecção é movido pelo Calibre de manufactura Breitling 01, um movimento mecânico com uma reserva de marcha de cerca de 70 horas, certificado pelo COSC.

Longines Master Collection – 500 Anos da Circum-Navegação

A Longines celebra o 500.º aniversário da primeira circum-navegação da Terra com um relógio de edição numerada e limitada a 100 peças, exclusivo para Portugal.

O português Fernão de Magalhães ficou para a história como o primeiro navegador a circum-navegar a Terra e a provar que ela era redonda. Esta bem sucedida viagem (1519 – 1522) não foi apenas um feito marítimo, mas também um meio para aproximar pessoas e culturas.

Hoje, 500 anos depois da primeira circum-navegação, a Longines homenageia este feito com um relógio numerado e limitado, exclusivo para o mercado português. Equipado com um movimento automático L688, o Longines Master Collection – 500 Anos da Circum-Navegação destaca-se pela decoração no verso da caixa – que exibe a Nau Victoria – e pela inclusão do desenho de uma bússola no mostrador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.