Um novo design, um novo tamanho, um novo movimento, o regresso do nome Chronoscope, um mostrador que ecoa relógios vintage da marca. Descubra a nova colecção Omega Speedmaster Chronoscope.

A Omega acaba de lançar a colecção Speedmaster Chronoscope. Com esta linha, a marca recupera o nome Chronoscope (ver o tempo), usado no inicio dos anos 2000 para os cronógrafos da colecção De Ville, apresenta um novo calibre coaxial manual e empresta um novo tamanho de caixa – 43 mm – à linha Speedmaster.

Taquímetro, telémetro e pulsímetro

O elemento mais notável do novo Chronoscope é o design do mostrador e a arquitectura que define o nome do relógio. O objectivo primordial deste modelo é determinar com precisão a duração de um fenómeno e, para isso, pode registar a rapidez a que vamos com base na distância percorrida, mas também a que distância estamos de algo que é visível e audível e até qual a nossa frequência cardíaca. De facto, este Speedmaster apresenta as três escalas clássicas de um cronógrafo: um taquímetro, um telémetro e um pulsímetro.

Novo calibre coaxial manual

O Omega Speedmaster Chronoscope está disponível em aço com várias variações de mostrador (num total de seis versões) e num modelo em Bronze Gold.

CARACTERÍSTICAS

Movimento: Manual, calibre de manufactura 9908, cronógrafo de roda de colunas, certificado Master Chronometer, escape coaxial, 28.800 alt/h, 60 horas de reserva de marcha
Caixa: 43 mm, aço (também disponível em Bronze Gold), luneta com inserção de alumínio e escala taquimétrica, fundo em vidro de safira, estanque até 50 metros
Mostrador: Azul ou prateado, em escada com numerais árabes aplicados, padrão concêntrico no anel das horas e nos contadores recuados, três escalas impressas, indicação de horas, minutos, pequenos segundos, taquímetro, telémetro e pulsímetro.
Bracelete: Aço com fecho de báscula ou pele com fecho de fivela em aço
Desde 8.420€

A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.