Num mundo globalizado em que, durante as 24 horas do dia, assumimos diversos papéis e somos confrontados com uma panóplia de situações distintas, é importante estar à altura de cada uma, munidos com instrumentos do tempo que prometem não comprometer, seja qual for o desafio.

Breitling

Colt Skyracer

O novo Breitling Colt Skyracer destaca-se pelo look preto total e pela caixa vanguardista em Breitlight®, um material 3,3 vezes mais leve do que o titânio e 5,8 vezes mais do que o aço, mas muito mais duro e com grande resistência aos riscos, fricção e corrosão, sendo, ao mesmo tempo, antimagnético e hipoalergénico. Este modelo é accionado pelo movimento termo-compensado SuperQuartz™, certificado cronómetro pelo COSC.


 

Ulysse Nardin

Executive Esqueleto Turbilhão

O Executive Esqueleto Turbilhão da Ulysse Nardin surge numa nova versão, com caixa de 45 mm em titânio e luneta em cerâmica azul, cor que se repete no movimento esqueletizado. Com sete dias de reserva de marcha, o calibre manual UN-171 destaca-se pela sua transparência e pela presença do turbilhão voador às 6h. O toque final é dado pelo bracelete em pele azul.


 

Roger Dubuis

Excalibur Esqueleto Automático Carbono

O destaque no novo Roger Dubuis Excalibur Esqueleto Automático Carbono reside na caixa produzida num composto de alta tecnologia, que alia fibra de carbono, aço e resina. O resultado? Um relógio desportivo, mais duro e leve do que os seus antecessores, apesar de os componentes essenciais se manterem, como é o caso da caixa de 42 mm, do calibre automático esqueletizado RD820SQ, da luneta estriada, das asas triplas e dos ponteiros Dauphine em ouro, agora enegrecido.


 

IWC

Portuguesa Automático

Um dos mais bem-sucedidos modelos da família de relógios Portuguesa da IWC – o Portugieser Automático – apresenta-se com uma nova face, pintada de azul forte. Mantendo as dimensões e detalhes dos seus antecessores, incluindo o calibre automático 52010, o novo Portuguesa Automático exibe uma caixa de 42,3 mm em aço, ao invés de ouro branco ou platina, e é entregue com uma correia em pele de crocodilo preta.


 

Montblanc

1858 Automático

Inspirado nos relógios da década de 1930, o novo Montblanc 1858 Automático destaca-se pelo look vintage, conferido pela caixa de 44 mm em aço, com luneta e coroa em bronze, pelo mostrador preto com ponteiros ao estilo catedral, utilizados em relógios de aviador vintage, e logo da Maison retro, e pela correia em pele de aspecto envelhecido. Dentro do novo modelo bate o calibre manual MB 24.16.

PARTILHAR
A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.