Performance automóvel no pulso

Roger Dubuis e Lamborghini

10

A parceria entre a Roger Dubuis e a Lamborghini traz às boxes relojoeiras um novo instrumento de medição do tempo, agora inspirado no “supercarro” Huracán da construtora italiana. Eis o novo Roger Dubuis Excalibur Spider Huracán.

A Roger Dubuis continua a aposta nas parcerias automóveis de alta performance – com a Lamborghini, a Lamborghini Squadra Corse e a Pirelli – e, naturalmente, a sinergia diferenciada entre o design relojoeiro e automotivo domina as novidades da marca para 2019, com destaque para os dois novos modelos da recém-lançada colecção Excalibur Huracán, ambos equipados com um novo movimento de manufactura e um deles apetrechado com uma pulseira especial de borracha Pirelli.

O calibre RD630 da Roger Dubuis – o segundo desenvolvido pela marca em cooperação com a Lamborghini Squadra Corse – estreia-se nos novos Excalibur Huracán, evocando de forma sublime o ADN automóvel da Lamborghini. Largamente esqueletizado, à semelhança da maioria dos calibres modernos da marca, o novo movimento possui um balanço inclinado a 12º (uma inovação utilizada, pela primeira vez, em 2014, no modelo Quatuor), uma estrutura com design favo de mel embutida na platina e que lembra a grelha Lamborghini, e uma janela de data hexagonal às 6h, cujos numerais ecoam o look dos do velocímetro de um automóvel da construtora italiana.

Por outro lado, o balanço suspenso inclinado foi posicionado às 12h, assumindo papel de destaque no mostrador aberto, acompanhado por uma nova ponte em formato de barra, que ecoa o motor V10 do supercarro Huracán. Embora a esqueletização seja a palavra de ordem nestes modelos, o disco da data foi projectado para se manter oculto, com excepção dos numerais da data, localizados numa abertura hexagonal às 6h, sendo que o hexágono é uma forma frequentemente encontrada no design da Lamborghini. À semelhança do movimento anterior projectado em cooperação com a Lamborghini Squadra Corse, o novo calibre possui ainda um rotor central de 360º, inspirado nas jantes do Huracán e cujo efeito giratório lembra o movimento das mesmas em alta velocidade.

Das duas peças do tempo apresentadas pela Roger Dubuis, destaque para o Excalibur Spider Huracán. O novo modelo está equipado com uma caixa de 45 mm, em titânio, com inserções de borracha preta, luneta canelada e um detalhe automóvel adicional: a coroa canelada que lembra o look de uma porca de pneu. Os dois tambores de corda, que permitem uma reserva de marcha de 60 horas, estão também visíveis no mostrador, flanqueando a janela da data. Através da face do relógio, é ainda possível visualizar as pontes e a platina principal do movimento. O toque final é dado pela correia bimatéria, que combina uma base de borracha preta com um revestimento em Alcantara, uma pele aveludada usada no interior dos automóveis Lamborghini.

O outro modelo apresentado dentro da colecção é o Excalibur Huracán Performante, uma edição limitada a 88 peças, também alimentada pelo calibre RD630. Esta peça surge com uma caixa de 45 mm em titânio revestido a DLC preto, com pormenores amarelos, e um bracelete que inclui uma incrustação em borracha com o padrão dos pneus P Zero Trofeo, da Pirelli, utilizados em pista pela Lamborghini Squadra Corse.

PARTILHAR
Directora/Editor in Chief | Revista Turbilhão