Por ocasião do 195.º aniversário da Bovet 1822, a Turbilhão esteve na Suíça, numa viagem que nos levou a descobrir duas das manufacturas da Maison: Dimier, onde os movimentos relojoeiros ganham vida e Château de Môtiers, o castelo onde as peças do tempo da marca são montadas.

A nossa viagem ao coração da Bovet 1822 tem início em Genebra, mais propriamente na Boutique da marca, onde, ainda antes de nos aventurarmos na descoberta de como nascem as peças do tempo da Maison, temos a oportunidade de conhecer in loco algumas novidades e modelos emblemáticos Bovet.

 

A jornada prossegue e leva-nos a Tramelan, a cerca de 160 km de Genebra, onde se localiza a Manufactura de Alta Relojoaria Dimier 1783. Adquirida em 2006 por Pascal Raffy, proprietário da Bovet, é aqui que a Maison desenvolve e produz os seus próprios movimentos, incluindo espirais e rodas de balanço. Com um total de 73 colaboradores dedicados a 41 ofícios distintos, a manufactura reúne, sob o mesmo tecto, toda a gama de competências necessárias aos diversos estágios de desenvolvimento e produção de movimentos de alta relojoaria.

Rigorosamente estruturada e organizada de modo a optimizar o trabalho dos artesãos e o fluxo logístico, na Dimier, o departamento de controlo de qualidade, composto por relojoeiros experientes, tem intervenção directa em todas as fases de cada um dos projectos, das primeiras discussões e esboços ao serviço pós-venda. Este modus operandi permite a integração imediata de soluções a potenciais problemas, bem como de melhorias sugeridas por todos os envolvidos.

Por outro lado, o departamento técnico é responsável por desenvolver e supervisionar o design e a construção de cada calibre e de cada peça do tempo, enquanto construtores e relojoeiros especializados no estudo e desenvolvimento de mostradores e elementos relojoeiros externos partilham o espaço de trabalho com os colegas responsáveis pelos movimentos e modelos Grande Complicação.

Organizada de acordo com a cronologia dos vários estádios de produção, a manufactura Dimier divide-se em dois pisos: em baixo encontra-se o departamento de micromecânica, no piso superior, os artesãos e relojoeiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here