Apresentamos alguns dos automóveis de luxo que se destacaram na 82ª edição do Salão Automóvel de Genebra deste ano.

A 82.ª edição do Salão do Automóvel de Genebra decorre até dia 18 de Março na Suíça, revelando as grandes novidades das mais conceituadas marcas automóvel. Neste artigo que a revista Turbilhão preparou para si descubra alguns dos automóveis de luxo que marcaram esta edição do salão.

1. Aston Martin DBS Coupé Carbon Edition

Em 2012, a marca britânica aposta numa versão mais exclusiva do DBS Coupé com recurso à fibra de carbono em diversos elementos da carroçaria e interior. Impulsionado por um motor V12 de 6.0 litros e 510 cv de potência, o super desportivo acelera dos 0 aos 100 km/h em apenas 4,3 segundos e atinge uma velocidade máxima de 307 km/h.

2. Bentley Mulsanne Driving Specification

O novo Bentley Mulsanne Mulliner Driving Specification promete trazer um valor acrescentado mais desportivo a esta família de automóveis de luxo. De facto, o sistema Driving Specification é, na realidade, um botão Sport que melhora a resposta da direcção e da suspensão pneumática, procurando dotar de alguma agilidade este sedan de 2,1 toneladas.

Os números deste Mulsanne especial, no entanto, são os mesmos da versão já à venda (0 a 100 em 5,1 segundos e velocidade máxima de 296 km/h), distinguindo-se desta última através das jantes de 21 polegadas com parafusos de titânio e da nova grade inferior do tipo colmeia.

No interior do Mulsanne Mulliner Driving Specification, a Bentley garante um novo tecto panorâmico e também um cooler para guardar garrafas de champagne e copos de cristal.

3. BMW M6

O BMW M6 apresenta-se agora numa versão mais desportiva que conta com o poderoso motor V8 de 4.4 litros e 560 cv já estreado no M5. O desportivo acelera dos 0 aos 100 km/h em 4,2 segundos e a marca dos 200 km/h é alcançada em 12,6 segundos, sendo que a velocidade máxima está electronicamente limitada a 250 km/h, mas, com o Kit MDrive, pode chegar aos 305 km/h.

O novo BMW M6, dotado com uma caixa de 7 velocidades de dupla embraiagem, deverá estar disponível no Verão, sendo acompanhado por uma variante cabrio.

4. Ferrari F12 Berlinetta Califórnia

O novo F12 Berlinetta Califórnia da Ferrari é já um enorme sucesso. Com um novo motor V12 de 6.3 litros e 740 cavalos, este é o automóvel mais veloz da marca do Cavalino Rampante, atingindo uma velocidade máxima de 340 km/h. A performance do F12 Berlinetta Califórnia foi melhorada graças a uma redução de 70 kg em relação ao modelo V12 que o sucedeu, o F599 Fiorano.

O novo desportivo é agora também mais curto, baixo e estreito, o que lhe permite chegar aos 100 km/h em 3,1 segundos.

 

5. Jaguar XF Sportbrake

Este ano a Jaguar estreia-se no segmento das carrinhas com a nova XF Sportbrake. Esta nova variante baseia-se no restyling feito ao modelo berlina XF, mas é mais comprida 5mm, o que acarretou um aumento de peso de cerca de 70 kg. Por outro lado, ganhou mais 10 litros de espaço na bagageira, atingindo agora os 550 litros de capacidade, podendo ascender até 1675 litros de espaço de carga com os bancos traseiros rebatidos.

A nova XF Sportbrake apresenta-se com dois blocos de motor diesel – um 4 cilindros de 2.2 litros e um 6 cilindros de 3.0 litros -, ambos com sistema Stop&Start e uma caixa automática de oito velocidades com patilhas no volante.

6. Koenigsegg Agera R

O novo Koenigsegg Agera R pode ser, segundo a marca, o carro mais rápido do mundo. O modelo passou por uma reestilização que resultou numa versão melhorada de motor e acabamentos. As mudanças incluem jantes em fibra de carbono, potência aumentada de 1115 para 1140 cavalos, saída de ar traseira mais leve e sistema KES (Koenigsegg Electronic Stability) de série.

De acordo com a Koenigsegg, o novo Agera R, com motor V8 de 5.0 litros e transmissão desportiva de sete velocidades, acelera dos 0 aos 100 km/h em 2,9 segundos e a velocidade máxima é de 440 km/h.

7. Lamborghini Aventador J

Com base no Aventador LP 700-4, a Lamborghini criou a versão “J” deste modelo, um verdadeiro desportivo sem capota, pára-brisas frontal, ar condicionado ou controlos de navegação. O interior também recebeu mudanças, e agora é totalmente em fibra de carbono, o que ajuda na redução de peso sem perder conforto ou estilo.

O motor continua o mesmo V12 de 6.5 litros e 700 hp de potência, e o exterior mantém as características do modelo com tecto rígido, o que faz a Lamborghini garantir que este roadster pode chegar a velocidades acima dos 300 km/h.

No entanto, apenas foi produzido um exemplar deste modelo, já vendido a um comprador anónimo por 2,1 milhões de euros.

8. Maserati GranTurismo Sport

Em 2012, o Maserati Granturismo S dá lugar ao Sport, uma versão mais potente e com actualizações externas e internas. O novo Granturismo Sport conta com mais 10 cv do que o modelo S, num total de 460 cv, e equipa-se com um motor V8 de 4.7 litros, capaz de passar dos 300 km/h e acelerar dos 0 aos 100 km/h em 4,7 segundos.

Externamente, o GranTurismo Sport recebeu um novo pára-choques dianteiro com entradas de ar maiores, faróis com LED’s diurnos e lanternas traseiras escurecidas. Já no interior, o novo modelo foi equipado com assentos dianteiros e traseiros totalmente redesenhados e um novo volante, mais desportivo e moderno.

9. Mercedes SL 63 AMG

A maior novidade da nova geração do Mercedes SL 63 AMG reside no novo motor V8 de 5.5 litros sobrealimentado a debitar 535 cv que podem esticar-se aos 560 cv com o “Performance Package”. O novo SL 63 AMG reduziu ainda o peso em 125 kg, graças ao uso de alumínio no chassis e magnésio em alguns componentes.

Com uma velocidade máxima de 250 km/h (limitada electronicamente), o SL 63 AMG acelera dos 0 aos 100 km/h em 4,3 segundos e equipa-se de uma caixa automática, de dupla embraiagem e com sete velocidades.

Em termos de carroceria, o novo conversível da marca alemã apresenta pára-choques, grelha e entradas de ar redesenhados.

10. Range Rover Evoque Cabriolet

A Range Rover surpreendeu ao apresentar o protótipo de um Evoque descapotável, o Range Rover Evoque Convertible. Este concept é baseado no Evoque de três portas e distingue-se pela ausência de tejadilho fixo, substituído por um em lona com comando eléctrico. No interior, todas as novidades e tecnologias do Evoque “normal” transitaram para o Convertible.

A decisão de produzir o Range Rover Evoque Convertible ainda não está tomada, mas se esta for positiva, o Evoque Convertible deverá chegar às estradas dentro de dois anos.

11. Rolls Royce Phantom

Conhecido como Phantom Series II, o novo Rolls Royce recebeu um facelift com alterações pontuais. No exterior, o mais notável foi a substituição total das lâmpadas por LEDs nos faróis, sendo que o elemento circular que abrigava o farol alto também foi substituído por uma fileira de LEDs.

Em termos de motorização, o Phantom Series II apresenta agora uma caixa de 8 velocidades e promete uma redução de 10 por cento no consumo de combustível, diminuindo também as emissões do motor V12.

As mudanças estendem-se também aos Phantom Drophead Coupe e ao Phantom Coupe.