Audemars Piguet Code 11.59

A colecção Code acaba de receber um novo material na caixa. Dois cronógrafos automáticos, de 41 mm, em ouro branco ou rosa, agora apresentam uma secção intermédia da caixa em cerâmica preta, visível na lateral. Desenvolvidos em colaboração com a empresa de componentes de precisão de propriedade familiar e sediada na Suíça, Bangerter, os centros de caixa em cerâmica, visíveis na lateral, são criados usando pó de óxido de zircónio combinado com um componente aglutinante secreto. Tomam forma através da tecnologia da máquina CNC, após a qual o aglutinante é removido e o componente é então sinterizado a 1.400 graus Celsius. É trabalhado com ferramentas de diamante de alta precisão e, em seguida, pré-polido e escovado acetinado antes de ser acabado à mão.

Já no fundo da caixa é possível visualizar o calibre de manufactura automático com 70 horas de reserva de marcha.

 

Breitling Chronomat B01 42

O Breitling Chronomat redesenha-se e volta às luzes da ribalta, com características que fazem lembrar o clássico homónimo da década de 1980. É o caso do bracelete «Rouleaux», ou do aro rotativo com marcadores móveis. Com uma caixa de 42 mm, o novo modelo está disponível numa variedade de opções de metal e mostrador e é movido pelo Calibre de manufactura Breitling 01.

Descubra mais sobre os novos modelos aqui

 

Bulgari Octo Finissimo S Cronógrafo GMT

O novo Octo Finissimo S Cronógrafo GMT combina praticabilidade com complexidade mecânica. Disponível numa caixa de 43 mm em aço, que emoldura um novo mostrador azul com contadores prateados, o novo cronógrafo apresenta uma coroa de rosca maior, garantindo resistência à água até 100 metros, e é movido pelo calibre de manufactura BVL 318, o mesmo encontrado no cronógrafo original Octo Finissimo GMT. Trata-se de um movimento automático ultrafino, com rotor periférico em platina 950.

 

Cartier Pasha Cronógrafo 41 mm

O cronógrafo Pasha de Cartier 41 mm regressa às luzes da ribalta. Embora com algumas actualizações, este modelo mantém o numeral árabe “Pasha” às 12 horas, o mostrador branco prateado, os ponteiros azuis e uma abertura de data às 4h30. Também os contadores do cronógrafo surgem na configuração habitual, com contador de 30 minutos às 3h,segundos às 6h e um totalizador de 12 horas às 9h.

Dentro da caixa de 41 mm, disponível em aço ou ouro amarelo, resistente à água até 100 metros e circundada por uma luneta giratória gravada com algarismos árabes, está o calibre automático de manufactura 1904-CH MC, que bate ao ritmo de 28.800 vibrações por hora e oferece uma reserva de marcha de 47 horas. O cronógrafo é accionado graças a uma roda de colunas e o movimento decorado no típico estilo Cartier, com listas finas de Genebra.

O novo Pasha Cronógrafo está equipado com o sistema de troca rápida e fácil de bracelete QuickSwitch e, no caso da pulseira em aço, esta disponibiliza o sistema SmartLink, que permite remover ou adicionar um elo sem qualquer necessidade de ferramenta.

 

Hublot Big Bang Unico Yellow Magic

O cronógrafo Big Bang Unico surge numa edição limitada a 250 peças em amarelo brilhante. Este modelo é apresentado numa caixa de 42 mm em cerâmica e movido pelo calibre cronógrafo automático de manufactura UNICO HUB1280 com 72 horas de reserva de marcha. Do lado do mostrador é visível a roda de colunas do cronógrafo. O tom amarelo vibrante é prolongado para a correia em borracha com fecho de báscula.

 

Montblanc 1858 Monopusher Cronógrafo Origins Edição Limitada 100

Inspirado no cronógrafo militar mono-botão Minerva de 46 mm da década de 1930, a nova edição limitada presta homenagem às origens da Manufactura. O relógio vai além de uma simples reedição, mantendo os elementos-chave do modelo original enquanto integra toques vintage. Equipado com o calibre de cronógrafo mono-botão de manufactura MB M16.29, o Montblanc 1858 Monopusher Cronógrafo Origins apresenta uma caixa de 46 mm feita de uma liga especial de bronze, um fundo de caixa tipo “oficial”, um mostrador preto vintage com elementos bege e uma pulseira correspondente em pele de crocodilo castanha Sfumato.

A caixa deste modelo foi feita numa liga especial de bronze que obterá uma pátina atraente com o tempo e é uma reminiscência de ferramentas de exploração do passado. Foi acrescentado um fundo de caixa tipo “oficial”, tal como nos relógios de bolso tradicionais, protegendo o movimento, que é adornado com gravações em ambos os lados: do lado de fora da parte de trás da caixa tipo “oficial”, está a cabeça da Deusa Minerva, enquanto o interior da tampa traz a inscrição “Ré-édition du chronographe militaire Minerva des années 1930 doté d’un caliber fait main dans la pure tradition horlogère suisse” (reedição de um cronógrafo militar Minerva dos anos 1930, equipado com um calibre feito à mão seguindo a tradição relojoeira suíça).

Ao abrir o fundo da caixa tipo “oficial”, é revelado o calibre cronógrafo mono-botão de manufactura MB M16.29, uma autêntica reconstrução do calibre cronógrafo Minerva que data do início do século XX. Para esta edição limitada, a execução do movimento é de particular importância, pois a platina principal e as pontes foram deixadas em Maillechort bruto (também denominado “prata alemã”), um material tradicional de alta qualidade usado em movimentos Minerva em tempos anteriores.

Como no calibre do cronógrafo original, o MB M16.29 apresenta a icónica ponte em forma de V (cujo design foi protegido em 1912), uma roda de colunas, acoplamento horizontal e uma frequência tradicional de 18.000 A / h. Em homenagem aos movimentos históricos, a seta Minerva é visível na extremidade do “bloqueador” do cronógrafo.

O relógio está disponível com um mostrador preto, combinado com ponteiros contrastantes em forma de catedral cor de ouro rosa e numerais com Super-LumiNova bege, para maior legibilidade à noite. Esta legibilidade continua nos algarismos árabes, bem como nos ponteiros das horas e dos minutos, graças a toques adicionais de luminescência. Uma reminiscência ao cronógrafo original é o logótipo Minerva no mostrador que está simetricamente posicionado abaixo do logótipo histórico da Montblanc, às 6 horas.

Outros detalhes vintage incluem contadores bicompax com pequenos segundos e minutos do cronógrafo, bem como a escala dos minutos ao estilo caminhos-de-ferro, que foi reproduzida a partir do design original.

 

Panerai Luminor Chrono 44mm

A linha Luminor recebe, este ano, três novos cronógrafos de 44 mm. Apresentando o típico mostrador sanduíche da Panerai e o protector de coroa no lado direito do relógio, os novos Cronógrafos Luminor diferenciam-se pelo facto de os controlos do cronógrafo terem sido movidos para o lado esquerdo, numa homenagem aos primeiros cronógrafos da Panerai. Para maior legibilidade, os ponteiros do contador do cronógrafo (ponteiro central dos segundos e submostrador direito) são azuis, enquanto os ponteiros das horas, minutos e pequenos segundos são em aço.

Os novos relógios apresentam-se numa caixa em aço de 44 mm, estanque até 100 metros e são alimentados pelo novo movimento cronógrafo automático Calibre P.9200, com 42 horas de reserva de marcha. Destaque ainda para o design incomum da bracelete, inspirado nos protectores de coroa exclusivos encontrados em todos os relógios Luminor.

O Luminor Chrono 44 mm está disponível em três variações: mostrador azul com bracelete em aço (PAM1110); mostrador branco com correia em pele de crocodilo preta e pulseira adicional em borracha azul (PAM01218); mostrador preto com correia em pele de crocodilo preta e pulseira adicional em borracha preta (PAM01109)

 

Vacheron Constantin Traditionnelle Cronógrafo Split-Second

O mais fino movimento automático de manufactura criado pela Vacheron Constantin, calibre 3500, equipa este modelo, com cronógrafo rattrapante com roda de coluna, disponível numa caixa de 42,5 mm em platina. Limitado a apenas 15 peças, o novo Traditionnelle apresenta um mostrador em platina, escala taquimétrica preta e uma correia em pele de crocodilo com pespontos em platina.

Descubra mais acerca deste modelo aqui

 

Longines Spirit Cronógrafo

Uma homenagem aos míticos pilotos dos primórdios da aviação e ao seu espirito pioneiro, o cronógrafo Spirit exibe características tradicionais dos relógios de piloto, como a coroa de grandes dimensões, a flange, o degrau em torno do vidro ou a fonte do mostrador. Disponível numa caixa de 42 mm em aço, este cronógrafo de roda de colunas é equipado com um movimento automático certificado pelo COSC.

Descubra mais acerca da colecção Spirit aqui

 

Piaget Polo Cronógrafo Panda

Movido pelo calibre Piaget 1160P, este modelo, equipado com todas as funções essenciais de um relógio desportivo (horas, minutos, segundos e cronógrafo), destaca-se pelo mostrador prateado com dois contadores azuis, que lhe conferem a alcunha “Panda”. A caixa de 42 mm em aço desta edição limitada a 800 peças é fixa ao pulso por uma pulseira em borracha azul.

A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.