A Breguet presta homenagem ao atelier original da marca com uma criação relojoeira de excepção: o Breguet Classique Double Tourbillon 5345 Quai de l’Horloge.

Embora actualmente sediada no Vale do Jura, na Suíça, a história da Breguet teve início em Paris, no Quai de l’Horloge, na Ile de la Cité. Foi aqui que, em 1775, Abraham-Louis Breguet abriu o seu atelier, desenvolvendo muitas das inovações e técnicas que hoje são parte natural da relojoaria moderna.

Agora, a Breguet presta homenagem a este atelier original do Quai de l’Horloge com uma reinterpretação incrivelmente intrincada da colecção Classique Double Tourbillon: o Classique Double Tourbillon 5345 Quai de l’Horloge, um dos modelos mais complexos e ricamente decorados da linha actual da marca e que apresenta todas as suas capacidades técnicas e artísticas.

No novo modelo, a caixa de platina com 46 mm assume a forma Breguet clássica, com asas rectas e finas, acentuadas pela estrutura canelada das laterais da caixa. Já o mostrador do Breguet Classique Double Tourbillon 5345 Quai de l’Horloge é limitado a um fino anel de safira, individualmente numerado e gravado com algarismos romanos clássicos preenchidos a azul. O resto do espaço sob o vidro apresenta uma estrutura esqueletizada, com uma platina principal giratória equilibrada por um par de turbilhões e tambores de corda.

Ainda no mostrador, estão presentes os clássicos ponteiros Breguet azuis, com o ponteiro das horas servindo também como uma ponte entre os dois turbilhões. Para equilibrar a energia entre estes complexos escapes gémeos, ambos alimentam um diferencial. Este último combina as duas entradas de torque separadas numa saída equilibrada e com uma taxa média para o trem de engrenagens. Além dos dois turbilhões, a vista sob o vidro é ainda dominada por um par de pequenos tambores de corda, cada um decorado com uma ponte polida à mão em forma do “B” característico de Breguet.


O calibre manual de manufactura 588N, visível através do fundo da caixa, não é menos ornamentado, mas a execução é drasticamente diferente. Equipado com pontes quase completas em toda a largura do movimento, cada uma delas é parte de uma representação maior e gravada à mão do atelier original de Breguet no Quai de l’Horloge. A gravação é profusamente detalhada e sobressai pelo tamanho e afastamento drástico dos estilos tradicionais de acabamento pelos quais a Breguet é conhecida.

Em termos de desempenho, este movimento complexo de 738 peças é ajustado em seis posições e oferece uma reserva de marcha de 50 horas a uma lenta taxa de batimento de 18.000 alternâncias por hora.

Embora a maior parte do design do Breguet Classique Double Tourbillon 5345 Quai de l’Horloge seja tradicional, embora um pouco ostensivo, a correia assume uma abordagem distinta. Com o objectivo de combinar com o design do mostrador esqueleto e do fundo da caixa, a superfície da pulseira é feita de pedra. Esta não é uma textura simulada ou um padrão recriado em pele, a camada superior da correia é efectivamente produzida a partir de uma folha extremamente fina de ardósia natural. Para maior conforto, esta camada superior de ardósia é colada a uma pulseira interna de borracha em azul vibrante.


CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

Breguet Classique Double Tourbillon 5345 Quai de l’Horloge
icon-Movimento
MOVIMENTO
Manual, calibre de manufactura esqueletizado 588N, duplo turbilhão, diferencial para cálculo da taxa média, 738 componentes, duplo tambor de corda com pontes superiores em forma de "B", ajustado em seis posições, 18.000 alt/h, 50 horas de reserva de marcha
icon-Movimento
CAIXA
Platina, 46 mm, lateral canelada
icon-Movimento
MOSTRADOR
Esqueletizado, ponteiros Breguet em aço azulado, escala dos minutos com numerais romanos num disco de safira, indicações de horas e minutos
icon-Movimento
BRACELETE
Borracha e ardósia com fecho em platina

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.