O turbilhão, uma minúscula obra de arte mecânica, cuja beleza visual não deixa ninguém indiferente e cuja dificuldade técnica e mestria de execução o transformam no “rei” das complicações relojoeiras.

Blancpain Villeret Tourbillon Volant 12 Jours

O Blancpain Villeret apresenta-se com o calibre automático 242, detentor de uma reserva de marcha de excepção de 12 dias. O movimento ultra plano com massa oscilante e indicador de reserva de marcha integrados possui uma espiral em silício e alberga um turbilhão voador às 12h que parece saltar da sua janela no mostrador em esmalte grand feu.

Breguet Classique Tourbillon Extraplate Squelette 5395

Este turbilhão esqueletizado utiliza o calibre extrafino 581, mas despe-o, dando vida a um movimento automático esqueletizado com apenas 3 mm de espessura, com platina e pontes em ouro, rotor periférico, escape em silício, gaiola do turbilhão em titânio e profusas decorações.

Breguet Classique Double Tourbillon 5345 Quai De l’Horloge

Este Breguet Classique apresenta-se como um turbilhão orbital inusitado, no qual as duas gaiolas são montadas na platina do movimento. A platina gira na caixa do relógio uma vez a cada 12 horas, e a ponte superior do turbilhão é azulada em metade do seu comprimento, funcionando como o ponteiro das horas.

Descubra mais sobre o Turbilhão aqui

Turbilhão
A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.