A colecção FiftySix recebe em 2020 dois novos modelos com mostrador castanho sépia: um relógio automático e um modelo com calendário completo.

A nova cor do mostrador, o castanho sépia, reforça o carácter vintage dos novos relógios Fiftysix, disponíveis em duas versões, de carga automática e com calendário completo, equipados pela primeira vez com uma correia castanha sépia em pele de bezerro.

Fiftysix calendário completo

O carácter retro contemporâneo do relógio Fiftysix calendário completo é sublinhado por um novo tom vintage. Emoldurado por uma caixa em ouro rosa de 40 mm de diâmetro e equipado com uma correia em pele, o mostrador adopta a cor castanho sépia. Pontuado pelas indicações do dia, da hora, do mês, assim como por uma fase lunar que não requer ajustes durante 122 anos, o mostrador, dividido em sectores com acabamentos opalinos, efeitos de raios de sol e ondeados, destaca os discos lunares em ouro rosa, que se exibem num céu azul.

Ao redor da circunferência, o anel horário contém algarismos árabes, que alternam com marcadores horários dourados revestidos de um material luminescente, assim como os ponteiros das horas e dos minutos que também são visíveis no escuro. Esta conjugação resulta numa óptima legibilidade das indicações do calendário completo, impulsionado pelo movimento de carga automática 2460 QCL/1, também equipado com um sistema de stop-segundos.

O fundo de safira reflecte os tradicionais acabamentos Côtes de Genève , delimitados por uma massa oscilante perfurada, em ouro rosa de 22 quilates, cuja forma é inspirada na Cruz de Malta. Um símbolo, igualmente plasmado na forma das asas e na coroa canelada desta peça.

Fiftysix de carga automática

Com o novo mostrador castanho sépia a condizer com o tom da correia em pele de bezerro, o relógio de carga automática Fiftysix reforça a sua personalidade com um toque ainda mais retro.

Coroado com um vidro do tipo urna, típico dos anos 50, o mostrador dividido em sectores distingue-se pelos acabamentos opalinos, com efeitos de raios de sol e ondeado. Graças a este jogo de luz e sombra, o relógio ganha em legibilidade. Uma composição regida pelos ponteiros e marcadores horários, realçados com material luminescente a condizer com a caixa de ouro rosa.

No reverso, o movimento de carga automática é visível através do fundo em vidro de safira, que permite admirar a meticulosa Côtes de Genève , sobrevoada por uma massa oscilante perfurada em ouro rosa de 22 quilates, cujo design é inspirado na Cruz de Malta. Uma forma que reproduz o emblema da Vacheron Constantin, igualmente evocado nas asas da caixa e na coroa.

Turbilhão
A Turbilhão é uma revista semestral, especializada na área da Alta Relojoaria e do Luxo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here