Van Cleef & Arpels | A Poesia do Tempo

Novidades 2022

3172

Em 2022, a Van Cleef & Arpels oferece novas peças do tempo mágicas, reflexo das emblemáticas fontes de inspiração da Maison e que reflectem a filosofia da marca: Poetry of Time.

Lady Arpels Heures Florales

Para homenagear a natureza que a fascina desde 1906, a Van Cleef & Arpels inspirou-se no conceito de relógio floral (Horologium Florae), desenvolvido por Carl Von Linné, no livro Philosophia Botanica, de 1751. Nele, o botânico sueco evoca um plano de jardim hipotético composto por uma ampla variedade de plantas, cujas flores abrem e fecham em momentos específicos do dia para indicar as horas.

A Van Cleef & Arpels adoptou este princípio para concretizar duas novas criações de 38 mm: os relógios Lady Arpels Heures Florales em ouro branco e Lady Arpels Heures Florales Cerisier em ouro rosa. O mostrador tridimensional destas peças oferece uma interpretação poética da passagem do tempo, graças à abertura e fecho de 12 flores. Ver as horas transforma-se num espectáculo mágico, já que as flores desabrocham e fecham, renovando o cenário do mostrador a cada 60 minutos.

Para dar vida ao mostrador, são accionados até 166 elementos por um movimento mecânico automático com um módulo inteiramente desenvolvido pelos artesãos das oficinas de relojoaria da Maison em Genebra. A cada hora que passa, as flores abertas fecham-se para dar lugar a uma nova combinação. No dia seguinte, a sequência dos buquês que se sucedem de hora em hora será diferente.

Pétalas e borboletas em pintura em miniatura, ramos esculpidos em ouro e nuvens em madrepérola são realçados por diamantes brancos e amarelos engastados. O fundo dourado da caixa é gravado para ecoar o mostrador, enquanto a massa oscilante – em ouro guilloché e pintura em miniatura – é visível sob um vidro de safira, ele próprio gravado e esmaltado com uma criatura alada: uma libélula ou uma borboleta.

Lady Arpels Ballerine Enchantée

Nascido em 2013 e vencedor do Lady’s Complication Prize no Grand Prix de l’Horlogerie de Genève no mesmo ano, o relógio Lady Arpels Ballerine Enchantée tornou-se uma das criações relojoeiras emblemáticas da Maison, reflectindo uma das suas principais fontes de inspiração: a dança.

Este ano, a Van Cleef & Arpels reinventa-o em duas novas peças de 40 mm repletas de graça e modernidade. O corpo da bailarina é esculpido em ouro em relevo, enquanto o seu cocar, rosto, busto e cintura são adornados com diamantes. A dançarina está vestida com uma primeira pétala fixa, em esmalte champlevé, safiras e diamantes para o relógio Lady Arpels Ballerine Enchantée em ouro branco, e em esmalte plique-à-jour para o relógio Lady Arpels Ballerine Enchantée em ouro rosa.

A Maison acentua mais uma vez a sua visão poética do tempo com um duplo movimento retrógrado a pedido. Aqui, quando o utilizador pressiona o botão localizado às 8 horas, o tutu da bailarina ganha vida. A saia que exibe as horas sobe primeiro, seguida pela outra que ocupa a sua posição na escala de minutos. Estas permanecem no local por alguns segundos, permitindo que o tempo seja contado, depois regressam simultaneamente aos seus pontos de partida. O movimento fluido das saias é um dos feitos técnicos desta complicação: a bailarina parece mover as suas asas lenta e graciosamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.