Depois de uma semana intensa de Watches and Wonders, repleta de novidades muito interessantes, a Turbilhão, em parceria com a Boutique dos Relógios Plus, seleccionou 12 relógios imperdíveis.

READ THIS ARTICLE IN ENGLISH HERE

Na última semana, as atenções da indústria relojoeira estiveram concentradas no Watches & Wonders 2021, um salão dedicado ao sector, onde as marcas de luxo apresentam as suas novidades e que, este ano, teve um formato inteiramente digital. Apesar das condições adversas e dos novos desafios que enfrentam (todos enfrentamos), não foi por isso que as marcas de relojoaria participantes deixaram de apresentar novidades dignas de registo e adaptadas à situação que vivemos.

Em termos de tendências continuamos a assistir a um regresso a modelos “seguros”, icónicos, ao recurso a novos materiais, nomeadamente sustentáveis, ao surgimento de algumas inovações técnicas e, claro, a novas cores de mostrador, com o verde a ganhar destaque.

Agora que o Watches & Wonders 2021 terminou, e depois de termos visto todas as novidades, a Turbilhão, em parceria com a Boutique dos Relógios Plus – o maior player do sector em Portugal – seleccionou 12 relógios que são, em nossa opinião, verdadeiros must-have.

IWC Pilot Cronógrafo 41

O novo Pilot Cronógrafo 41 apresenta-se numa caixa em aço de 41 mm, com mostrador azul ou verde e está equipado com o novo sistema de troca rápida de braceletes EasX-CHANGE, com opções disponíveis em pele, borracha ou aço.

O Pilot Cronógrafo 41 é alimentado pelo calibre de manufactura 69385, visível através do fundo da caixa em vidro de safira. Este movimento mecânico é composto por 231 peças, sendo a função de cronógrafo controlada por uma roda de coluna. Um sistema de corda com roda dentada bidireccional converte a actividade do pulso do usuário do relógio em tensão para a mola principal, fornecendo energia ao movimento de forma eficiente e garantindo uma reserva de marcha de 46 horas.

Cartier Tank Must

Em termos de design, o novo Cartier Tank Must alia os traços icónicos de dois modelos lendários: o Tank e o Must. Esta linha enfatiza principalmente o minimalismo refinado do Tank Louis Cartier. Cantos ligeiramente arredondados suavizam a silhueta da caixa, que está disponível em três tamanhos diferentes: extra-grande, grande e pequeno.

Os modelos em aço referem-se naturalmente ao primeiro Must, através de pequenos detalhes, como as novas proporções do mostrador, a coroa com um cabochão de espinela sintética azul e o fecho de fivela tradicional. No que aos movimentos diz respeito, a versão extra-grande apresenta o calibre automático 1847 MC, com data e segundos centrais, enquanto os modelos grandes e pequenos abrigam movimentos de quartzo.

Panerai Luminor Marina eSteel

Em consonância com o seu compromisso ambiental através da utilização de materiais ecológicos, a Panerai apresenta os relógios Luminor Marina eSteel, que utilizam ligas de metal recicladas. 89g dos componentes do eSteel são produzidos em materiais reciclados, correspondendo a 58% do peso total do relógio. Tanto a caixa como o mostrador do Luminor Marina eSteel apresentam a nova liga de aço à base de material reciclado. Também a correia e o estojo são feitos de materiais reciclados.

O novo Panerai Luminor Marina eSteel está disponível em três variações, todos com caixas de 44 mm e mostradores em eSteel e pulseiras em PET reciclado. As diferenças entre eles reside nas cores disponibilizadas.

Vacheron Constantin Historiques American 1921

O famoso relógio em forma de almofada da Vacheron Constantin, com o mostrador diagonal e a coroa no canto superior direito da caixa, celebra o 100.º aniversário e regressa em dois modelos em ouro branco, em caixas de 40 mm e 36,5 mm, movidos pelo calibre manual de manufactura 4400 AS, revelado a partir do fundo da caixa em vidro de safira.

À semelhança do original, o mostrador do novo American 1921 exibe um tom prateado e possui uma textura granulada com numerais árabes pretos inclinados e uma escala dos minutos ao estilo caminhos-de-ferro pintada a preto. Já o contador dos pequenos segundos às 3h é um claro desvio da posição original (às 6h) no American de 1921.

Piaget Polo Skeleton Ouro

Após o lançamento, e sucesso, do Polo Skeleton em aço no início deste ano, a Piaget revela agora quatro novos Polo Skeleton com caixas em ouro: um em ouro rosa; outro em ouro branco com luneta engastada de diamantes; e duas versões em ouro branco integralmente pavé, com caixas e movimentos decorados com diamantes.

Aqui destacamos o modelo com caixa de 42 mm em ouro rosa e mostrador em PVD azul, alimentado pelo mesmo movimento automático extra-plano da declinação em aço. Trata-se do calibre esqueletizado Piaget 1200S1, com micro-rotor descentrado integrado no mecanismo, um dos mais finos movimentos automáticos disponíveis no mercado (2,4 mm).

Roger Dubuis Excalibur Single Flying Tourbillon

Em 2021, a Roger Dubuis reinterpreta um dos seus ícones – o Excalibur Single Flying Tourbillon -, através de um novo design e de uma série de desenvolvimentos que incluem uma nova liga de ouro rosa. O novo design apresenta linhas de corte claras na caixa e no movimento, criando a impressão de uma aparência mais fina e com a estrela da Roger Dubuis a levitar livremente acima do tambor.

O novo calibre RD512SQ apresenta a gaiola inferior do turbilhão em titânio – duas vezes mais leve do que o aço -, enquanto a gaiola superior é produzida em cromo cobalto polido espelhado, tornando o peso da peça mais leve e contribuindo para uma optimização da reserva de marcha (72 horas).

Disponível numa caixa de 42 mm em Titânio DLC cinzento, Cromo Cobalto ou no novo EON Gold (uma tonalidade de ouro rosa mais estável e que resolve o problema da descoloração com o tempo, muitas vezes causada pela adição de cobre), o Roger Dubuis Single Flying Tourbillon é uma edição limitada a 88 peças por material de caixa.

Greubel Forsey GMT Sport

A Greubel Forsey apresenta, pela primeira vez na sua história, uma pulseira em metal, mais especificamente em titânio. O modelo escolhido para albergar esta estreia foi o relógio desportivo da marca, o Greubel Forsey GMT Sport, apresentado pela primeira vez em 2019 como o primeiro relógio desportivo da marca.

À semelhança do seu antecessor, o novo GMT Sport é regulado pelo Turbilhão de 24 segundos da Greubel Forsey. A gaiola do turbilhão é inclinada num ângulo de 25° e completa uma rotação completa a cada 24 segundos. Entre as sete e as nove horas, um globo representativo da Terra vista de cima a partir do Polo Norte gira uma vez a cada 24 horas para mostrar a hora actual em todas as longitudes, incluindo uma indicação de dia/noite. Às dez horas, um ponteiro triangular exibe o segundo fuso horário e um disco giratório mostra os segundos decorridos. Na parte de trás do relógio, um disco giratório com os nomes de 24 cidades exibe a hora nos respectivos fusos horários. Este display também indica o horário de Verão e os fusos horários que o aplicam.

A grande diferença entre o novo Greubel Forsey e o seu antecessor reside na pulseira integrada que agora surge, pela primeira vez, em titânio. O que impressiona à primeira vista é a espessura da pulseira, que oferece a possibilidade de continuar a estrutura da caixa não só no lado externo da bracelete, mas também na lateral. O Greubel Forsey GMT Sport, limitado a 33 exemplares, é entregue com uma correia adicional em borracha azul.

1858 Geosphere Edição limitada 1858

O Montblanc 1858 Geosphere é um dos principais ícones da linha Montblanc 1858, com os seus dois distintos globos hemisféricos giratórios em cúpula e uma complicação in-house Horas do Mundo. Inspirada pelas explorações do lendário montanhista Reinhold Messner, a Montblanc apresenta o novo Montblanc 1858 Geosphere Edição Limitada 1858, que homenageia a sua viagem solitária de cinco semanas pelo deserto de Gobi, em 2004.

Reproduzindo o esquema de cores do terreno rochoso, o relógio combina uma caixa de bronze micro-jateado com uma gravação especial na parte de trás, uma luneta bidireccional de cerâmica castanha, um mostrador lacado bege e castanho fumado e uma correia vintage em pele de bezerro castanho Sfumato a condizer.

Première Electro

A Chanel apresenta a nova colecção Electro, composta por quatro modelos icónicos da marca, inspirados na cultura e música electrónica. O relógio Première é um dos modelos lendários que integra, como não poderia deixar de ser, esta colecção “electrónica”, desta feita, com uma abordagem mais moderna, minimalista e repleta de cor. A pulseira de volta tripla é multicolorida, enquanto o mostrador lacado em preto continua a estética com um logótipo da Chanel em rosa néon. A corrente tecida na pulseira recebe um tratamento ADLC preto e a coroa é engastada com um cabochão de ónix.

Baume & Mercier Riviera

 

O Riviera regressa à colecção Baume & Mercier, com a sua distintiva luneta de doze lados com quatro parafusos, disponível em dois tamanhos de caixa – 42 mm e 36 mm – e accionado por movimentos mecânicos automáticos ou de quartzo. Os novos relógios apresentam ainda braceletes intercambiáveis integradas em aço ou materiais flexíveis.

O grande destaque da colecção vai para os dois modelos de 42 mm equipados com o calibre de manufactura Baumatic, com 5 dias de reserva de marcha e uma resistência magnética de 1500 Gauss. O Riviera Baumatic está disponível com um mostrador de vidro de safira azul fumado e pulseira em aço integrada, ou com uma caixa ADLC preta e mostrador em vidro de safira cinzento fumado com bracelete preta flexível. A transparência dos mostradores opacos permite admirar as engrenagens do calibre Baumatic.

Octo Finissimo Calendário Perpétuo

A Bulgari volta a surpreender com mais um recorde mundial, desta feita com o Octo Finissimo Calendário Perpétuo, o mais fino do mundo. Depois de explorar a ultra-miniaturização nos campos do movimento automático, repetição de minutos, cronógrafo e turbilhão, a Bulgari apresenta agora o novo Octo Finissimo Calendário Perpétuo, o mais fino do mundo com esta complicação. Este novo recorde está disponível em duas variações: o titânio de “assinatura”, como todos os recordes mundiais da marca, e uma versão em platina.

Nada menos do que 408 componentes interagem dentro do espaço extremamente limitado fornecido pela esguia caixa de 5,80 mm de espessura do Octo Finissimo Calendário Perpétuo. O desenvolvimento do calibre, com apenas 2,75 mm de espessura, exigiu que os engenheiros de design de movimentos da Manufactura em Le Sentier elaborassem novas soluções, como a utilização de um micro rotor e o aproveitamento ideal do espaço entre os componentes sem reduzir as suas dimensões.

Hublot Big Bang Unico Yellow Magic

O cronógrafo Hublot Big Bang Unico surge, em 2021, numa edição limitada a 250 peças em amarelo brilhante. Este modelo é apresentado numa caixa de 42 mm em cerâmica e movido pelo calibre cronógrafo automático de manufactura UNICO HUB1280, com 72 horas de reserva de marcha. Do lado do mostrador é visível a roda de colunas do cronógrafo.

O tom amarelo vibrante é prolongado para a correia em borracha com fecho de báscula.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.