Watches and Wonders 2022 – As nossas escolhas

1652

Depois de uma edição intensa de Watches and Wonders, repleta de novidades muito interessantes, a Turbilhão seleccionou 10 relógios imperdíveis.

No início deste mês, as atenções da indústria relojoeira estiveram concentradas no Watches & Wonders 2022, um salão dedicado ao sector, onde as marcas de luxo apresentam as suas novidades e que, este ano, regressou ao formato físico, voltando a receber os profissionais da indústria, na Palexpo, em Genebra.

Em termos de tendências, a cor ganha destaque com bastantes marcas a apresentar modelos em cores diferentes e originais em relojoaria, enquanto o verde continua a marcar forte presença, o revisitar de modelos vintage e icónicos esbateu-se um pouco, embora ainda tenham surgido algumas novidades neste sentido, e, no que respeita a materiais, a cerâmica e o titânio assumem-se como os de eleição, enquanto o ouro amarelo regressa às luzes da ribalta.

Agora que o Watches & Wonders 2022 terminou, e depois de termos visto todas as novidades, a Turbilhão seleccionou 10 relógios que são, em nossa opinião, verdadeiros must-have.

Cartier Masse Mystérieuse

O novo Cartier Masse Mystérieuse surpreende pela inovação e magia no mostrador. Com este relógio, a Maison conseguiu conter um movimento de relógio inteiro dentro do seu próprio rotor de corda automática. O calibre 9801 MC que move este modelo é resultado de oito anos de pesquisa e também possui o mesmo efeito de um turbilhão, reduzindo os efeitos da gravidade na marcha do relógio.

Com 43,5 mm de diâmetro, a caixa é construída com 95% de platina pura, como realçado pelo cabochão de rubi na coroa (em oposição à safira usada nos modelos em aço). Este modelo está disponível numa edição limitada a apenas 30 peças.

Hublot Square Bang Unico

A Hublot apresenta a sua própria interpretação do relógio quadrado, uma geometria totalmente nova para a marca. Inspirado no ícone da marca, o Big Bang, o Square Bang Unico cria um novo pilar denominado “The Shaped Collection”.
A nova colecção disponibiliza cinco modelos de 42 mm diferentes em três materiais distintos: Titânio, cerâmica preta e King Gold.

IWC Pilot TOP GUN cerâmica

Em 2022, a IWC volta a apostar na cerâmica para dar vida a quatro novos relógios Pilot TOP GUN, uma colecção de relógios de piloto tácticos, desenhados em homenagem à escola de voo com o mesmo nome.

Cronógrafo TOP GUN Edição “Lake Tahoe”

O Cronógrafo TOP GUN Edição “Lake Tahoe” inspira-se, como o próprio nome indica, nas paisagens do Lago Tahoe vistas pelos pilotos quando sobrevoam o local. Este modelo apresenta-se numa caixa de 44,5 mm em cerâmica branca, com mostrador preto e pulseira de borracha branca com fecho de báscula.

Movido pelo calibre automático de manufactura 69380, com 46 horas de reserva de marcha e indicações de horas, minutos, pequenos segundos, cronógrafo, dia e data, a edição “Lake Tahoe” está disponível numa edição limitada a 500 exemplares.

Cronógrafo TOP GUN Edição “Woodland”

Já a edição “Woodland”, inspira-se nas paisagens verdes de Woodland e está disponível numa caixa de 44,5 mm em cerâmica verde com botões e coroa em Ceratanium, mostrador verde escuro e bracelete de borracha preta revestida a tecido com fecho de fivela em Ceratanium.

À semelhança do irmão vestido de branco, este relógio é movido pelo calibre automático de manufactura 69380, com 46 horas de reserva de marcha e indicações de horas, minutos, pequenos segundos, cronógrafo, dia e data, e está disponível numa edição limitada a 500 peças.

TOP GUN Cronógrafo 41 Ceratanium

Embora com um look semelhante aos seus homólogos verde e branco, este modelo é, contudo, concebido a partir de um material distinto. Lançado pela primeira vez em 2019 pela IWC, o Ceratanium combina todas as propriedades leves e rígidas do titânio com as propriedades duras, sem desgaste e resistentes a riscos da cerâmica.

Este material patenteado é utilizado em todos os componentes da caixa, incluindo luneta, coroa, botões e fivela. Como o próprio nome sugere, a caixa mede ​​41 mm e este relógio oferece as especificações utilitárias típicas da colecção Pilot, como o vidro de safira, coroa de rosca e resistência à água até 100 metros. A novidade está no fundo em vidro de safira parcialmente colorido que expõe sutilmente o calibre 69385 fabricado pela IWC.

O cronógrafo automático possui um mecanismo de roda de colunas e armazena até 46 horas de reserva de marcha. A completar a estética totalmente preta do Pilot TOP GUN Cronógrafo 41 Ceratanium, está uma pulseira em borracha preta com inserções de tecido preto e um mostrador preto com escala dos minutos, numerais e marcadores cinzentos. Trata-se de um relógio furtivo, mas que garante uma legibilidade intensa graças À utilização de Superluminova.

Big Pilot Top Gun 43 mm

O Big Pilot Top Gun em cerâmica preta é um modelo básico da colecção desde 2012. Agora, a IWC apresenta este relógio pela primeira vez numa caixa de 43 mm. A cerâmica de óxido de zircónio preto está presente na caixa, enquanto a coroa e o fundo de rosca gravado com o logotipo Top Gun são em titânio. O mostrador preto exibe ponteiros pretos, escala dos minutos, marcadores e numerais brancos e luminescência branca. A completar o design está uma correia têxtil verde com sistema de troca rápida e fácil de bracelete.

A alimentar as funções de horas, minutos e segundos está o calibre de manufactura 82100, com sistema de corda Pellaton e reserva de marcha de 60 horas. O movimento do Big Pilot Top Gun é ainda protegido por uma gaiola interna de ferro macio para protecção contra campos magnéticos.

Vacheron Constantin 222

Desenhada por Jörg Hysek, a referência 222 viu a luz do dia em 1977. Na época, o 222 estava disponível em três tamanhos, sendo o mais coleccionável a versão “Jumbo” de 37 mm. Os relógios apresentavam uma gravação estilizada “222” no fundo da caixa e uma cruz de Malte em ouro na asa inferior direita. A luneta era pouco comum, com entalhes ao redor da circunferência. A maioria dos 700 Jumbos fabricados apresentava mostradores azuis ou carvão, com um pequeno número com mostradores prateados ou brancos.

Em 2022, a Vacheron Constantin revisita o relógio Jumbo em ouro amarelo, com um modelo que se inspira fortemente no original, mas totalmente adaptado ao século XXI em execução. O novo 222 está equipado com um mostrador dourado com marcadores tipo bastão aplicados. A luminescência é de cor verde em referência ao trítio usado nos modelos originais da década de 1970, e a fonte utilizada para “AUTOMATIC” na metade inferior do mostrador foi emprestada dos relógios originais.

A maior e talvez mais importante actualização no 222 deste ano é o movimento. Trata-se do calibre 2455/2, que bate a 28.800 alternâncias por hora e possui uma reserva de marcha de 40 horas. O rotor foi desenhado recentemente e possui a gravação 222 na fonte original.

Piaget Limelight Gala Aventurine

O novo Limelight Gala de 32 mm é uma peça mais discreta. As asas assimétricas e alongadas são instantaneamente reconhecíveis, assim como a pulseira em malha milanesa da Maison. Aqui, os diamantes assumem posição na luneta e nas asas. A elegância deste Gala é acompanhada por um movimento de manufactura de corda automática (o modelo de 26 mm apresenta um movimento de quartzo).

A luneta é engastada com 62 diamantes de lapidação brilhante, complementados por um mostrador em vidro aventurina brilhante, salpicado de manchas em prata, reminiscente do céu nocturno estrelado. Dentro do novo Limelight Gala bate o calibre 501P1, com apenas 3,63 mm de espessura e 40 horas de reserva de marcha.

Já a pulseira em malha milanesa foi desenhada para parecer uma segunda pele e a sua produção, que envolve a tecelagem de espirais de ouro branco para criar a malha, leva mais de 100 horas.

Montblanc 1858 Iced Sea Automático Data

Inspirada no maciço do Mont-Blanc, a Montblanc apresenta a colecção 1858 Iced Sea Automático Data. Os novos modelos, que se destacam pelo look desportivo e pelas opções de mostrador que reflectem a profundidade tridimensional dos glaciares, declinam-se em seis versões diferentes.

Em comum, todas as variantes incluem uma caixa de 41 mm, uma luneta em cerâmica estilo mergulho e um verso de caixa sólido com ilustrações 3D. Equipada com uma coroa fácil de manusear, a caixa é resistente à água até 300 metros.

A colecção Montblanc 1858 Iced Sea Automático Data está disponível com três cores de mostrador distintas – azul, verde e preto – representando os diferentes tons dos glaciares. O gelo azul pode ser encontrado no Mar de Gelo do Mont-Blanc e é formado pela incorporação de bolhas de ar no gelo, enquanto o gelo verde é encontrado na Antárctida e é o resultado da presença de microscópicas partículas de musgo de neve. Já o gelo preto é formado quando o gelo não possui inclusões ou bolhas de ar, absorvendo luz suficiente para parecer preto. Este também pode escurecer com depósitos de cinzas vulcânicas na sua estrutura.

Os novos modelos, disponíveis com braceletes de metal intercambiáveis e correias de borracha, estão equipados com o movimento baseado em Sellita SW 300, calibre MB 24.17. Este movimento automático, com funções de horas, minutos, segundos e data, oferece até 38 horas de reserva de marcha.

Panerai Submersible QuarantaQuattro

A colecção Submersible da Panerai recebe este ano um novo tamanho de caixa. Como o próprio nome sugere, o Submersible QuarantaQuattro está agora disponível num diâmetro de 44 mm, que se junta aos tamanhos já existentes de 47 mm e 42 mm. O novo modelo mantém todas as características da colecção, que se baseia na emblemática caixa Luminor com a sua forma distinta e dispositivo patenteado de protecção da coroa. O que diferencia este Submersible dos seus antecessores e a luneta giratória unidireccional.

Escondido atrás do fundo de caixa sólido está o calibre P.900 automático (baseado em ValFleurier) com horas, minutos, pequenos segundos, indicação de data e três dias de reserva de marcha.

Três interpretações do Submersible QuarantaQuattro fazem a sua estreia na colecção: dois modelos em aço numa combinação de mostrador branco/pulseira de borracha verde ou mostrador preto/pulseira de borracha preta e um terceiro modelo em Carbotech com mostrador azul profundo e pulseira de borracha de cor correspondente.

Zenith Chronomaster Sport

Quando o Chronomaster Sport foi lançado no início de 2021, foi um sucesso instantâneo. Um ano depois, a Zenith volta a apostar nesta colecção. As especificações gerais dos novos modelos são basicamente as mesmas dos relógios iniciais em aço: caixa de 41 mm, movimento El Primero 3600 que mede 1/10 de segundo, uma reserva de marcha de 60 horas e os submostradores cinzento, antracite e azul.

Dentro dos novos lançamento existe uma Edição Boutique, com luneta em cerâmica tricolor, combinada com os submostradores nas três cores icónicas sobre um mostrador prateado com decoração raio-de-sol. A colecção recebe ainda versões em dois tons, com o ouro rosa a aliar-se ao aço.

A linha fica completa com dois modelos vestidos integralmente em ouro rosa, disponíveis com mostrador branco mate ou preto lacado.

Chanel J12 Calibre 12.2 33 mm

O lançamento deste ano assinala um novo marco para o J12. O J12 33 mm é apresentado pela primeira vez com um movimento de corda automática, o Calibre 12.2. Este calibre também foi concebido e desenvolvido exclusivamente pela Kenissi e apresenta a massa oscilante circular característica, que é visível através do fundo de caixa em vidro de safira. O relógio é certificado pelo COSC e tem uma reserva de marcha de aproximadamente 50 horas.

Realizado em duas versões, o J12 Calibre 12.2 33 mm está disponível em cerâmica preta e aço ou cerâmica branca e aço – as duas cores assinatura da Chanel.

Van Cleef & Arpels Lady Arpels Heures Florales

Para homenagear a natureza que a fascina desde 1906, a Van Cleef & Arpels inspirou-se no conceito de relógio floral (Horologium Florae), desenvolvido por Carl Von Linné, no livro Philosophia Botanica, de 1751. Nele, o botânico sueco evoca um plano de jardim hipotético composto por uma ampla variedade de plantas, cujas flores abrem e fecham em momentos específicos do dia para indicar as horas.

A Van Cleef & Arpels adoptou este princípio para concretizar duas novas criações de 38 mm: os relógios Lady Arpels Heures Florales em ouro branco e Lady Arpels Heures Florales Cerisier em ouro rosa. O mostrador tridimensional destas peças oferece uma interpretação poética da passagem do tempo, graças à abertura e fecho de 12 flores. Ver as horas transforma-se num espectáculo mágico, já que as flores desabrocham e fecham, renovando o cenário do mostrador a cada 60 minutos.

Para dar vida ao mostrador, são accionados até 166 elementos por um movimento mecânico automático com um módulo inteiramente desenvolvido pelos artesãos das oficinas de relojoaria da Maison em Genebra. A cada hora que passa, as flores abertas fecham-se para dar lugar a uma nova combinação. No dia seguinte, a sequência dos buquês que se sucedem de hora em hora será diferente.

Pétalas e borboletas em pintura em miniatura, ramos esculpidos em ouro e nuvens em madrepérola são realçados por diamantes brancos e amarelos engastados. O fundo dourado da caixa é gravado para ecoar o mostrador, enquanto a massa oscilante – em ouro guilloché e pintura em miniatura – é visível sob um vidro de safira, ele próprio gravado e esmaltado com uma criatura alada: uma libélula ou uma borboleta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.